Equipe carioca terá a volta de quatro titulares. Mineiros tentam repetir atuação da vitória sobre o Flu

Duas equipes empolgadas pelos últimos resultados, mas em situações totalmente diferentes. Assim Botafogo e América-MG chegam para a partida deste sábado, às 21h, no estádio Engenhão, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube carioca vem de goleada sobre o Vasco, no último domingo, e vitória sobre o Atlético-MG, pela Sul-Americana, no meio da semana. Já o time mineiro tenta repetir a atuação do último domingo, quando venceu o Fluminense por 3 a 0.

Siga o Twitter do iG Botafogo e receba notícias do time em tempo real

Se ambos chegam embalados por vitórias, na tabela a situação é bastante diferente. o América-MG é o lanterna da competição, com apenas 11 pontos conquistados, enquanto o Botafogo, com 25, ocupa a sexta colocação. Se vencer, dependendo de uma combinação de resultados, o time carioca pode entrar no grupo dos times que garantem vaga à Copa Libertadores. Já o América-MG pode deixar a última colocação e iniciar uma reação para deixar a zona de rebaixamento.

Entre para a torcida virtual do seu time e o ajude a assumir a liderança do ranking

Apesar de carregar o favoritismo por jogar em casa e estar em uma boa posição na tabela, o técnico Caio Júnior acredita que a partida será complicada. Além de elogiar o treinador da equipe adversária, Caio Júnior aposta em um jogo de paciência, já que espera o adversário bem fechado na defesa.

"O time deles está com moral, vem de uma grande vitória sobre o Fluminense e tem um ótimo treinador, respeito muito o Givanildo. Será uma partida difícil de vencer, um jogo de paciência para o torcedor e para o time também. Eles tem uma postura defensiva muito boa, vão explorar a impaciência, erro de passe. Temos que estar preparados para tudo isso", disse o técnico Caio Júnior.

Quem também pede atenção para a partida deste final de semana é o volante Renato. O jogador lembra que o Botafogo já tropeçou contra o Atlético-PR e Atlético-GO, equipes que estão na zona de rebaixamento.

"Já tivemos exemplos que times assim sempre fazem jogos difíceis. Contra o América-MG será mais uma partida complicada, mas jogando em casa, claro, vamos buscar a vitória. Para almejar ser campeão, temos que eliminar essas pedras que não estão bem no campeonato. Eles dão o melhor de si nesses jogos para tentar sair da situação que se encontram, mas não podemos perder pontos", disse o jogador.

Para a partida contra o América-MG, o Botafogo terá a volta de quatro titulares, todos poupados contra o Atlético-MG, no meio da semana, pela Copa Sul-Americana. Cortês, Renato, Elkeson e Lucas voltam ao time titular nas vagas de Márcio Azevedo, Lucas Zen, Felipe Menezes e Alessandro, respectivamente.

O América-MG deve ter três mudanças para enfrentar o Botafogo. Sem Léo, que vai cumprir suspensão, Givanildo Oliveira escalou Kempes, que formou a dupla de ataque com Alessandro. O zagueiro William Rocha, que ficou fora contra o Fluminense, apareceu como novidade no time titular, e treinou na vaga de Micão, que lesionado, foi vetado pelo departamento médico. Outro problema de ordem médica foi o lateral esquerdo Thiago Carleto, que com edema na panturrilha, trabalhou apenas a parte física e deve ser substituído por Gílson.

O volante Amaral reconhece a dificuldade em vencer o adversário fora de casa, mas mantém a confiança e diz que o time mineiro vai entrar pressionando o adversário. "É sempre muito difícil jogar contra o Botafogo, ainda mais na casa deles, no Engenhão, mas não é um bicho de sete cabeças, não. São 11 contra 11 e vamos entrar pressionando, para conseguirmos a vitória", disse o volante americano.

FICHA TÉCNICA - BOTAFOGO X AMÉRICA-MG

Local : Estádio Olímpico João Havelange, o 'Engenhão'
Data : 13 de agosto de 2011 (sábado)
Horário : 21h (horário de Brasília)
Árbitro : Andre Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes : Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Cristhian Passos Sorence )GO)

BOTAFOGO : Jéfferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Renato, Marcelo Mattos, Elkeson e Maicosuel; Herrera e Loco Abreu
Técnico: Caio Júnior

AMÉRICA-MG : Neneca; Gabriel, Otávio e Willian Rocha; Marcos Rocha, Dudu, Amaral, Rodriguinho e Gilson; Kempes e Alessandro
Técnico: Givanildo Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.