Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

"Tem que matar um leão por dia", explica atacante Leandro Damião

Camisa 9 se esforça ao máximo para não sair do time. Ele tem recebido a visita do pai durante os treinos

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

O atacante Leandro Damião sabe que terá de fazer muito para seguir como titular no Inter. Menos experiente e badalado em relação aos concorrentes, ele já definiu a estratégia para continuar entre os 11.

“O Celso sempre fala no vestiário que cada um tem que buscar o seu espaço. Cada jogo será o último da minha vida e tem que matar um leão por dia no treino”, explicou.

Damião é o artilheiro do Inter na temporada, são 6 gols em 5 jogos. Ele conseguiu desbancar Alecsandro, que era o camisa 9 em 2010. Este ano atuou sozinho na frente nos primeiros jogos e atualmente está fazendo parceria com Cavenaghi.

“Estamos nos adaptando com dois atacantes. Conversamos no vestiário para ver quem fica mais dentro da área. Pra mim não muda. Jogar com outro atacante ou com um meia-atacante, o importante é que a bola chegue. O importante é o grupo”, explicou.

Rafael Sóbis se recupera de lesão e volta aos treinos nos próximos dias. É mais um jogador para aumentar a concorrência no setor ofensivo. O meio de campo parece consolidado com Wilson Matias, Bolatti, Guiñazu e D´Alessandro. Restarão duas vagas para Zé Roberto, Sóbis, Damião, Cavenaghi e Alecsandro.

Quem tem comparecido aos últimos treinos do Inter é o Seu Natalino, o pai de Leandro Damião. Vestindo a camiseta do filho, ele acompanha as atividades no Beira-Rio. O atacante costuma comemorar os gols mostrando um bigode. Uma homenagem ao pai.
 

Leia tudo sobre: InternacionalLeandro Damião

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG