Tamanho do texto

Seleções vão se enfrentar em dois jogos em busca do troféu criado pelo uruguaio Carlos Paez Vilaró

A rivalidade entre Argentina e Brasil deve ficar apenas dentro de campo. Em clima amistoso, os técnicos das duas seleções - o argentino Alejandro Sabella e o brasileiro Mano Menezes - fizeram nesta terça-feira a apresentação da taça que será disputada pelos países no Superclássico das Américas (antiga Copa Roca).

O confronto de ida está previsto para a noite desta quarta-feira, no estádio Mario Kempes, em Córdoba (Argentina). Em campo, haverá apenas jogadores que atuam nos próprios países.

O formato do troféu de 2011 foi criado pelo uruguaio Carlos Paez Vilaró. A cada ano, um artista diferente será convidado para desenhar o objeto.

A definição do campeão do Superclássico das Américas vai ocorrer apenas no jogo de volta. No dia 28 de setembro, Brasil e Argentina se reencontram na cidade de Belém (PA).

Pelo acordo entre as federações, há possibilidade até da disputa de pênaltis para se conhecer o dono do título, caso seja registrado empate nos pontos e no saldo de gols após as duas partidas. O regulamento da competição foi definido pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e pela AFA (Associação de Futebol da Argentina).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.