Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Técnico sobre reformulação do United: "Não posso ser sentimental"

Clube inglês pode dispensar jogadores como Hargreaves e Owen, além de ver Paul Scholes se aposentando

Gazeta |

Ao fim de sua 25ª temporada à frente do Manchester United, o escocês Alex Ferguson planeja uma reformulação no elenco. O treinador garante que não deixará seus sentimentos influenciarem na sua decisão. Jogadores como o búlgaro Dimitar Berbatov, o polonês Tomasz Kuszczak, o francês Gabriel Obertan, o irlandês Darron Gibson e os ingleses Owen Hargreaves, Wes Brown e Michael Owen estão no topo da lista de dispensas. O meia Paul Scholes, de 36 anos, desde 1994 em Old Trafford, ainda não sabe se vai continuar jogando na próxima temporada e também tem o futuro incerto.

"É horrível dizer isso, mas não posso ser sentimental neste trabalho. Eu amo os jogadores que tive e foi muito, muito abençoado por ser acompanhado por grandes atletas em toda minha carreira. Todos que tive participaram do meu sucesso, enquanto, quando vejo certas coisas acontecendo, preciso liberá-los para outras oportunidades", explicou.

Para apoiar sua tese, Ferguson lembra as dispensas de Nicky Butt, em 2004, após 12 anos de United, e Phil Neville, que vestiu a camisa vermelha em 10 temporadas, em 2005.

Getty Images
Apesar da fama de goleador, o búlgaro Berbatov pode deixar o Manchester United ao final da temporada
"Estava chegando ao ponto em que eu ficava aterrorizado por ter que informá-los que não iriam jogar. Não era justo com eles, pois foram muito importantes na ressureição do Manchester United. Quando chegou a hora de liberá-los, eu sabia que estava cortando um elo muito importante e leal, e não gostei", contou.

"Meu trabalho é administrar o United e produzir resultados, como qualquer outro treinador. Para mim, é tudo branco ou preto: se eu vir algo no campo que eu acredito ser um retrocesso, tenho que agir e tomar decisões", acrescentou.

Sob seu comando, o United venceu 11 edições do Campeonato Inglês e duas da Copa dos Campeões da Europa.

Leia tudo sobre: Futebol MundialInglaterraManchester UnitedScholes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG