Claudio Borghi quer meio-campista em forma para a Copa América, que começa no dia 1º de julho

O técnico da seleção chilena, Claudio Borghi, quer acompanhar de perto o tratamento do meia Valdivia de uma contusão no músculo adutor da coxa esquerda. Por isso, ele entrou em contato para que o jogador do Palmeiras permaneça no Chile nas próximas semanas.

"Conversei com o atleta e fui informado de uma contusão muscular de 1,5 centímetro. Ele está com vontade de jogar o quanto antes, mas não é recomendável. Estamos vendo a opção de trazê-lo para cá", disse Borghi.

Pelo Twitter, Valdívia informou que só deve retornar aos campos no mês que vem. A ideia dos chilenos é realizar uma preparação especial no atleta para a disputa da Copa América. Os treinos do Chile para o torneio devem começar na segunda quinzena de junho. A Copa América será disputada a partir de 1º de julho, na Argentina.

Se for convocado para a competição sul-americana, Valdívia pode perder até oito jogos do Palmeiras no Campeonato Brasileiro. A estreia do clube palestrino será no dia 22 de maio, contra o Botafogo , em São José do Rio Preto (interior de SP).

A ida para o Chile também serviria para Valdivia se afastar da pressão no Palestra Itália. No início desta semana, o meia foi vítima de críticas de integrantes de uma facção organizada do time, em virtude dos recentes fracassos da equipe paulista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.