Volante Bruno, que chegou ao clube em maio de 2010, virou titular após quase deixar o time carioca

Uma das novidades na equipe titular do Botafogo nesta temporada veio do próprio elenco. O volante Bruno, que chegou ao clube em 2010 após se destacar no Campeonato Carioca pelo Madureira, ganhou a condição de titular no time de Joel Santana nas primeiras partidas do ano e já é considerado uma ‘joia’ pelo treinador botafoguense.

“É um jogador rápido, que chuta com as duas pernas. Apesar de ser pequeno, tem muita raça e é um atleta dinâmico, que toda equipe grande quer ter no elenco. Todo mundo já está de olho na minha ‘pérola negra’. Às vezes é bom esse tipo de interesse, às vezes é ruim, mas ele é um cara muito centrado, não se deslumbra não”, brincou Joel Santana.

Após ter atuado em apenas 11 jogos pelo Botafogo em 2010, a maioria entrando no segundo tempo, o volante conta que a principal motivação para se destacar nesta temporada foi a cobrança dos próprios familiares, que questionavam o desempenho nas poucas partidas que Bruno pode disputar.

“Chegar em casa e ver seu irmão, mãe, pai falando que você não jogou o que pode jogar, mexe. Então quando vim para a reapresentação, queria conquistar esse objetivo de me firmar na equipe. Então essa reação foi baseada principalmente pela minha família, companheiros e o professor Joel Santana, que me deu confiança e oportunidades”, disse o jogador do Botafogo.

Depois de um ano tímido, Joel conta que a decisão de manter o jogador no elenco em 2011 foi tomada em uma reunião com o departamento de futebol e a comissão técnica. “Ele veio numa situação que estávamos com a equipe mais ou menos fechada, e por isso ele teve poucas oportunidades. Em uma reunião com o Anderson Barros (gerente de futebol do Botafogo), achamos por bem mantê-lo e surgiu a oportunidade. Ele aproveitou bem e merece o que está acontecendo”, finalizou o técnico Joel Santana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.