Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Técnico Falcão quer esquecer resultado do jogo de ida no Uruguai

Internacional enfrenta o Peñarol nesta quarta-feira pela Libertadores. Todos os ingresso foram vendidos

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Pela vantagem, o Inter tem tudo para conseguir a classificação nesta quarta-feira na Libertadores. Joga até por um empate de 0 a 0 contra o Peñarol. Mesmo assim a ordem é ter muita cautela e não pensar em administrar resultado. O técnico Falcão explicou qual é a estratégia quando a bola rolar.

“Vamos em busca da vitória, esquecendo que tivemos um 1 a 1 anterior. Deixar guardadinho o 0 a 0. Temos que tentar ganhar o jogo. O Inter tem uma história que tem que tentar se impor”, avisou.

O meia-atacante Oscar não tem presença garantida. Ele até pode começar como titular, mas a tendência é que fique no banco de reservas. Ele quer que o Inter utilize o primeiro tempo do clássico Gre-Nal como modelo, quando tiveram domínio do jogo e partiram pra cima do rival.

“É um clássico. O Peñarol é um grande time. Temos que ficar atentos porque não está nada ganho. Temos que repetir o primeiro tempo contra o Grêmio, tendo a posse de bola. É procurar não tomar o gol porque lá na frente faremos de tudo para buscar o gol”, disse.

Alexandre Lops/AI Internacional
Leandro Damião fez o gol do Internacional no jogo de ida
O Inter vendeu todos os ingressos para a partida que começa às 19h30. São esperados cerca de 40 mil torcedores. Confira a ficha técnica do jogo.

“Não podemos pensar nisso (na vantagem). É um resultado muito perigoso. O tempo vai passando e se tomarmos um gol estamos fora. Se passar o tempo e estiver 0 a 0 eles vem pra cima. 1 a 1 fora é muito bom, mas o 0 a 0 em casa é perigoso”, finalizou Falcão.

Leia tudo sobre: InternacionalPeñarolCopa Libertadores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG