Para Redknapp, apesar do placar desfavorável ainda é possível conseguir a classificação para as semis

O técnico do Tottenham, Harry Redknapp, minimizou a responsabilidade do goleiro Gomes na derrota por 4 a 0 para o Real Madrid nesta terça-feira, no estádio Santiago Bernabéu, no primeiro confronto pelas quartas de final da Liga dos Campeões. Para o treinador, o fato do time ter atuado, desde o começo do primeiro tempo, com dez jogadores foi a principal causa do resultado negativo.

"Mourinho me disse que era impossível jogar com dez por tanto tempo, mas já havíamos conseguido fazer isso outras vezes e nos saímos bem. Mas diante de uma equipe como o Real Madrid, é impossível para nós", declarou Redknapp, referindo-se ao cartão vermelho mostrado para o atacante Peter Crouch aos 15 minutos do primeiro tempo, num lance em que o treinador acredita que o árbitro tomou a decisão certa.

"Não vi a jogada. Acho que a decisão foi correta e acho que não tinha que ter jogado desta forma", reconheceu o técnico, que, no entanto, ainda não jogou a toalha. "Não há nada mais difícil que essa situação, mas vamos tentar até o final. Temos uma montanha para escalar, mas tentaremos", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.