Gerardo Martino levou o Paraguai às quartas-de-final da Copa do Mundo de 2010, quando perdeu para a campeã Espanha

Adversário da seleção brasileira no grupo B da Copa América, que será disputada do dia 1º ao dia 24 de julho na Argentina, o Paraguai não irá para competição apenas a passeio, pelo menos é o que garantiu neste sábado o técnico da equipe, Gerardo Martino. "Iremos com uma mentalidade diferente agora. A partir de agora não entraremos em uma competição simplesmente para ver o que acontece. Mas também não acho que sejamos candidatos ao candidato", declarou o treinador em entrevista ao jornal argentino "El Clarín", para depois fazer uma análise da chave, que ainda tem Venezuela e Equador, adversário da estreia.

"É um grupo difícil. O Brasil sempre é Brasil. Equador, a meu ver, é a seleção que está melhor atualmente entre as que não foram à Copa do Mundo. E a Venezuela vem de um processo de evolução grande e com jogadores que estão disputando torneios importantes. É complicado", comentou.

Campeão treinando o Cerro Porteño e o Libertad, Martino assumiu o comando da seleção paraguaia em 2006 e tem contrato até a Copa de 2014, no Brasil. No ano passado, conseguiu levar a equipe às quartas de final do Mundial da África do Sul, em que foi eliminada pela campeã Espanha. "O processo levou várias etapas, mas está consolidado. Estamos satisfeitos com o trabalho feito até aqui. Tenho muito a ganhar, o conforto que me oferecem, as energias de todos. Há ainda coisas a serem feitas. É verdade que nós assinamos por mais quatro anos, mas ainda conversaremos depois da Copa América", disse o técnico argentino, que disse que a permanência não depende dos resultados na competição continental.

"O problema é o desgaste, algo que é normal. Também queremos ver e analisar as respostas dos jogadores, funcionários e também de grupos de trabalho. Se as relações permanecerem saudáveis, o mais provável é continuar. Se assim for, a partir de agosto planejaremos a participação nas Eliminatórias", explicou Martino.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.