Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Técnico do Náutico critica até o policiamento de Bragança

Alvo de cusparadas pelos torcedores, Waldemar Lemos requisitou a ajuda de alguns oficiais, mas diz que não foi auxiliado em campo

Gazeta |

O técnico Waldemar Lemos teve diversos problemas para comandar o Náutico nesta terça-feira, diante do Bragantino, no estádio Nabi Abi Chedid. Além da derrota de 2 a 1 sofrida para os donos da casa, o treinador acredita que o juiz e o policiamento de Bragança Paulista foram mais duas adversidades encontradas pelo Náutico na partida.

Mesmo sofrendo dois gols no primeiro tempo, Waldemar Lemos apontou que o desempenho do Náutico durante a partida foi satisfatório e que o empate não veio por questão de detalhes. Entretanto, o treinador não gostou da atuação do juiz, que segundo ele, não apitou diversas faltas favoráveis ao seu time.

"Eu acho que pelo menos na segunda etapa, o Náutico esteve muito bem. Na primeira também não foi diferente. O jogo foi igual. Mas eu fico triste com a quantidade de faltas que estão sendo feitas no futebol, coisas para coibir o jogo e que o juiz não fez nada para evitar", afirmou o técnico.

O comandante do Náutico ainda comentou sobre a atitude dos policias que trabalharam no jogo desta terça-feira. Alvo de cusparadas pelos torcedores do Bragantino, durante o primeiro tempo, Waldemar Lemos requisitou a ajuda de alguns oficiais, que segundo o técnico, não tomaram nenhuma providência e ainda chegaram a ameaçá-lo de prisão.

"Eu reclamei com eles, porque tomaram a postura de ficar longe, enquanto os torcedores cuspiam. Depois eu chamei a atenção deles e eles ficaram rindo, mas é tudo normal. O futebol brasileiro precisa mudar muito", conclui Waldemar Lemos.

Com a derrota, o Náutico perdeu a vice-liderança para a Ponte Preta e caiu para a terceira colocação no Brasileiro da Série B. No próximo sábado, o Timbu voltará a jogar nos Aflitos, contra o Salgueiro, para tentar retomar a boa sequência de vitórias que vinha mantendo na competição.

Leia tudo sobre: série b 2011náuticobragantino

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG