Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Técnico do Milan reclama de maratona de jogos

Equipe de Pato enfrentou o Catania, duelou com a Lazio na terça e voltará a jogar no domingo, fora de casa, contra o Genoa

AE |

selo

O técnico Massimiliano Allegri criticou a maratona de jogos do Milan e do Campeonato Italiano ao minimizar o empate por 0 a 0 com a Lazio, na terça-feira, no estádio San Siro. A equipe enfrentou o Catania, duelou com a Lazio na terça e voltará a jogar no domingo, fora de casa, contra o Genoa. Além disso, com vários problemas no meio-campo, ele improvisou Thiago Silva, que foi escalado ao lado de Antonini e Flamini.

"Eu duvidei que a Lazio viesse jogar no ataque, fomos bravos e não concedemos nada. Os rapazes fizeram uma boa partida, ficamos um pouco confusos e erramos algumas coisas no primeiro tempo, porém criamos seis chances de gol importantes. Acredito que, neste momento, jogando três partidas em seis dias, mais que isso não se poderia fazer, principalmente com um meio-de-campo que nunca tinha jogado junto", afirmou.

Allegri justificou a saída do brasileiro Alexandre Pato durante o segundo tempo do empate por 0 a 0 para a entrada de Cassano. "Naquele momento tirei Pato, porque os espaços estavam se fechando e Cassano tem mais facilidade em fazer passes para os companheiros com pouco espaço", disse.

O treinador ressaltou que o Milan entrará em campo mais reforçado para enfrentar o Genoa no domingo. "A próxima partida será dura porém recuperamos dois ou três jogadores e isto foi uma coisa muito importante. Espero que voltem Boateng, Gattuso, Seedorf, Van Bommel e Pirlo, estamos num bom caminho", comentou.

Leia tudo sobre: Milanitáliafutebol mundialallegri

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG