Tamanho do texto

Time argentino aposta no retrospecto em casa, onde ficou invicto na Copa Sul-Americana de 2010

Antonio Mohamed, técnico do Independiente, deixa o rótulo de favorito para o Internacional . Ele vê o time brasileiro em melhores condições de conquistar a Recopa.

“Vamos jogar com uma equipe já em ritmo de competição, enquanto nós estamos terminando a pré-temporada. O Inter vem jogando todo fim de semana, já estão na 15ª rodada do campeonato do Brasil, não estamos em condições iguais”, argumentou.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

Os argentinos copiam o calendário do futebol europeu. Estavam em pré-temporada até a semana passada. O Independiente sequer estreou no Campeonato Argentino porque estava envolvido com a decisão da Copa Suruga, onde foi derrotado no Japão .

Embora não se considere favorito, o Independiente acredita na conquista do título. A estratégia é repetir o desempenho da conquista da Copa Sul-Americana de 2010, quando o time fazia a vantagem dentro de casa: foram quatro vitórias e um empate como mandante.

“É ida e volta, como foi a final com o Goiás (Sul-Americana 2010). Jogamos em casa e temos que fazer um bom resultado. A ideia é fazer uma boa vantagem, para depois pensar no outro jogo.” projetou.

A grande atração no time será a reestreia do zagueiro Gabriel Milito, que veio do Barcelona. O meia Matías Defederico, que passou pelo Corinthians, é um dos mais conhecidos dos brasileiros. Hilario Navarro; Eduardo Tuzzio, Julián Velázquez, Gabriel Milito e Maximiliano Velázquez; Hernán Fredes, Cristian Pellerano, Iván Pérez e Matías Defederico; Facundo Parra (Leonel Núñez) e Marco Pérez é a provável escalação. A partida começa às 21h50. Confira a ficha técnica .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.