Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Técnico do Hoffenheim pede demissão após venda de brasileiro

Luiz Gustavo foi negociado por 15 milhões de euros com o Bayern de Munique sem o conhecimento do treinador

Gazeta |

O técnico do Hoffenheim, Ralf Rangnick, desde 2006 no cargo, pediu demissão após desavenças com o dono do clube, Dietmar Hopp. As diferenças de pensamento já vinham desgastando o relacionamento entre os dois, mas a gota d'água foi a venda do brasileiro Luiz Gustavo, por 15 milhões de euros ao Bayern de Munique, sem o conhecimento do treinador.

De acordo com o jornal germânico Bild o contrato que ia até 30 de junho de 2012 foi rescindido em acordo mútuo. Ele é o quarto técnico a deixar o banco de reservas durante o Campeonato Alemão desta temporada, após as saídas de Zvonimir Soldo do Colônia, e de Christian Gross e Jens Keller do Stuttgart.

Rangnick assumiu o Hoffenheim na terceira divisão em julho de 2006 e conquistou dois acessos seguidos. Na temporada 2008/09, venceu o primeiro turno, levando o simbólico título de Campeão do Inverno.

Leia tudo sobre: HoffenheimLuiz GustavoAlemanhaBayern de Munique

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG