Tamanho do texto

Roberval Davino congestionou o meio-campo com cinco atletas e por pouco não venceu o Palmeiras

O técnico Roberval Davino não gostou do empate do Catanduvense contra o Palmeiras . Para o técnico da equipe do interior, seu time merecia vencer o adversário da capital, que, em sua opinião, só conseguiu empatar porque o volante Marcos Assunção cruzou errado na área.

O JOGO: Palmeiras empata no fim e evita a primeira derrota no Paulistão

"O Assunção sempre estava batendo no segundo pau e esse cruzamento saiu no primeiro, baixo. Ele errou", cornetou o treinador, se referindo à assistência dada pelo camisa 20 palmeirense para o gol de empate, marcado pelo atacante Fernandão.

NA BRONCA: Murtosa reclama da arbitragem, mas reconhece jogo ruim do Palmeiras

Davino ainda reclamou mais: "O Catanduvense fica no prejuízo com esse resultado. Por mais tradição que tenha o adversário, estávamos com o resultado positivo nas mãos. O Palmeiras recupera esses pontos lá na frente, nós temos quatro pontos perdidos em casa", lamentou.

O treinador armou seu time com cinco no meio-de-campo, travando as ações do Palmeiras durante toda a primeira etapa e parte do segundo tempo. No entanto, a forte bola parada palmeirense foi demais para a zaga do time azul, que vencia por 1 a 0 graças a um pênalti cometido pelo zagueiro Leandro Amaro .

Confira a classificação atualizada do Campeonato Paulista

Os times voltam a campo no meio da semana pelo Estadual. Na noite de quarta-feira, às 22h (horário de Brasília), o Palmeiras conta com o retorno no técnico Luiz Felipe Scolari e recebe o Mogi Mirim no estádio do Pacaembu. Já o Catanduvense viaja a Ribeirão Preto para enfrentar o Comercial no mesmo dia, mas às 19h30.

Ajude a aumentar a torcida virtual do Palmeiras