Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Técnico do Americana comemora bom início em nova casa

Clube, que era sediado em Guaratinguetá até fim da temporada passada, faz primeira competição oficial em novo domínio

Gazeta Esportiva |

Antigo Guaratinguetá, o Americana Futebol Clube começou a disputar jogos em sua nova cidade no início deste ano, no Campeonato Paulista. Assim como o Grêmio Barueri, que depois passou a se chamar Grêmio Prudente, o antigo clube do Vale do Paraíba passou por momentos de desconfiança após ir para a nova sede. No entanto, um bom início de Estadual fez com que as dúvidas sobre a capacidade do novo time fossem reduzidas.

Para o técnico Edinho Nazareth, que assumiu a equipe no último mês de outubro, quando a mudança para Americana já estava programada, era natural que ocorressem questionamentos sobre a nova sede. O ex-zagueiro da seleção brasileira comemorou a sexta colocação da equipe no Campeonato Paulista e disse que a principal meta no Estadual é, pelo menos a princípio, alcançar as quartas de final.

"A ideia inicial era ficar entre os oito primeiros. A expectativa era bem grande antes do inicio do campeonato diante das dificuldades, porque mudamos para uma nova estrutura, uma nova cidade, que não sabíamos se teria estrutura para ter um time de futebol profissional", lembrou Edinho.

Com quatro vitórias nas cinco primeiras rodadas do Campeonato Paulista, o Americana chegou a lutar diretamente pela liderança da competição, disputa que foi atrapalhada pelas duas derrotas (para Palmeiras e Portuguesa) e pelo empate (contra o Oeste) que o time obteve na sequência, antes do triunfo do último sábado, quando bateu o Ituano por 2 a 0.

"O time começou bem. Nós sabíamos que o elenco era bom, mas sempre há uma expectativa. Iniciamos muito bem esse campeonato e isso foi importante para termos uma gordura entre os oito primeiros", comentou Edinho, que acredita que a sequência de jogos sem vitórias é uma coisa normal, pela qualidade do Campeonato Paulista.

"Neste campeonato todo mundo vai oscilar, perder e ganhar. São situações normais. O importante é você sempre mostrar uma regularidade. Apesar das derrotas, o importante é que a equipe perdeu quando ainda podia perder", lembrou o treinador.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG