A equipe será comandada interinamente pelo treinador da seleção sub-21 romena, Emil Sandoi

O técnico Razvan Lucescu pediu demissão da Romênia neste sábado, três dias antes do amistoso contra o Brasil , no estádio do Pacaembu, e um dia depois da vitória por 3 a 0 sobre a Bósnia , em Bucareste, pelo grupo D das Eliminatórias para a Eurocopa de 2012.

Segundo informações da Federação Romena de Futebol (FRF) em comunicado, Razvan Lucescu, filho do treinador do Shakhtar Donetsk, Mircea Lucescu, tinha sido duramente criticado pelos maus resultados conquistados até agora. A equipe é atualmente a terceira colocada em sua chave na classificatória, com oito pontos, atrás de França (13) e Belarus (9).

Além do amistoso contra a seleção brasileira, os romenos ainda farão outra partida na América do Sul, dia 11, contra o Paraguai, e será comandada pelo treinador da seleção sub-21, Emil Sandoi. Depois desses jogos, o mais cotado para assumir o cargo de maneira efetiva é o ex-jogador George Hagi, que já dirigiu a Romênia e atualmente está à frente do Galatasaray. Já Lucescu, segundo a imprensa local, deixou a seleção para voltar a treinar o Rapid Bucareste, cuja torcida demonstrou nesta sexta todo o carinho que tem pelo técnico no confronto diante dos bósnios.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.