Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Técnico da Roma não descarta a possibilidade de deixar o clube

Desapontado, Luis Enrique pode sair da equipe devido à campanha irregular no Campeonato Italiano

Gazeta |

O técnico Luis Enrique não negou a possibilidade de deixar o comando da Roma caso o time não consiga uma reação nas próximas rodadas do Campeonato Italiano. O treinador se mostrou muito desapontado com os inúmeros tropeços da equipe durante a temporada e revelou uma certa frustração por não conseguir manter certa regularidade à frente do clube.

Leia mais: Roma pune Oswaldo por agredir companheiro

"Eu não sei o que vai acontecer e eu não me importo. Eu não me importo com qualquer coisa que não tenha a ver com o resultado dos nossos jogos. Demissão? Eu e minha equipe estamos trabalhando bem, mas todo mundo sabe que são os resultados que conta no futebol. Você nunca sabe o que vai acontecer, então nunca diga nunca", declarou o comandante da Roma, em entrevista ao "Gazzetta dello Sport".

Confira ainda: Dirigente ironiza interesse da Roma em Casemiro

Luis Enrique foi contratado pela equipe da capital italiana para implantar uma nova metodologia de trabalho no time italiano, mas não vem obtendo o sucesso que era esperado. Ex-jogador do Real Madrid e Barcelona, o técnico esperava colocar em prática uma postura mais técnica no clube, mas a falta de entrosamento entre os jogadores vem prejudicando seu trabalho neste ano.

Nessa segunda-feira, a Roma terá a chance de se redimir com seu torcedor, já que enfrentará a Juventus, no estádio Olímpico. Diante da equipe de Turim, os romanos precisarão voltar a mostrar um bom futebol para frear o ímpeto de seu adversário e conseguir a recuperação na tabela de classificação.

"Considero este jogo o mais difícil, porque a Juventus é uma equipe muito forte. Nossa motivação é conseguir superar uma equipe que não foi batida até o momento", apontou o técnico, que atualmente vê seu clube na 12ª colocação da competição.

Leia tudo sobre: RomaLuis Enriqueitáliafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG