Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Técnico culpa gramado pelo empate do Náutico contra o Central

"Diante das circunstâncias, ter conquistado um ponto até que foi bom", afirmou Roberto Fernandes

Gazeta |

O Náutico conseguiu apenas um empate contra o Central, jogando em Caruaru. Mesmo com o resultado decepcionante para a torcida, os jogadores e o técnico Roberto Fernandes saíram de campo satisfeitos com o resultado. Para o treinador, o estado do gramado impediu um desempenho melhor da equipe.

"Diante das circunstâncias, ter conquistado um ponto até que foi bom. Além disso, o Central é uma equipe de qualidade, não é à toa que está fazendo uma campanha tão boa no Campeonato", afirmou. Quem concordou com o comandante foi o goleiro Glédson.

"A gente joga mais com a bola no chão e com esse gramado não tinhamos condições de fazer isso. Até criamos algumas chances, assim como o Central teve a oportunidade de matar o jogo, mas no final esse ponto que conquistamos aqui ficou de bom tamanho", comentou.

AE
"A gente joga com bola no chão e com esse gramado não tinhamos condições", reclamou o goleiro Glédson

Leia tudo sobre: NáuticoCampeonato Pernambucano 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG