Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Técnico admite má atuação em derrota do Inter

Enderson Moreira culpou o nervosismo da equipe B em estreia contra o Cruzeiro

iG Porto Alegre |

Lucas Uebel/VIPCOMM
Técnico Enderson Moreira não gostou da atuação do Inter B
O técnico Enderson Moreira admitiu a má atuação da equipe B do Internacional na derrota para o Cruzeiro, neste domingo, em Canoas. Para o treinador, o nervosismo de uma equipe, cuja a média de idade é de 20 anos, foi determinante para o resultado de 1 a 0.

“Tecnicamente fizemos um jogo muito a quem do que podemos. A estreia é um jogo especial, isso é natural”, analisou Enderson.

Para o presidente Giovanni Luigi, o time B foi sentiu os desfalques. Oscar, Juan e Romário servem a Seleção Sub-20.

“Poderia ter sido uma atuação melhor. O Inter teve mais volume de jogo, não foi efetivo e o Cruzeiro em um lance isolado foi feliz e decretou nossa derrota”, opinou o dirigente.

Os jogadores justificaram a derrota pela preparação e por um gol de sorte do Cruzeiro – o zagueiro Leo chutou sem ângulo e venceu Muriel. O meia Marquinhos foi o primeiro a falar na saída de campo:

“O Cruzeiro estava trabalhando há dois meses. Não é frustrante, afinal, temos capacidade de reverter.”

O goleiro Muriel negou ter falhado no gol de Leo.

“Fiquei preparado para um chute e a bola passou ali. Não sei se ele teve sorte, está de parabéns”, analisou o camisa 1.
 

Leia tudo sobre: InternacionalCampeonato Gaúcho 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG