Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Técnico admite apelar para base para salvar o Guarani

Time de Campinas acumula jejum de vitórias e gols marcados, o que ameaça sua permanência na elite nacional em 2011

Agência Estado |

Sem vencer há nove rodadas e há seis jogos sem marcar um gol sequer, o Guarani já começa a dar os primeiros sinais de desespero no Campeonato Brasileiro. Sem encontrar em seu elenco uma saída para livrar o time da situação delicada, o técnico Vágner Mancini admitiu que pode buscar uma solução nas categorias de base.

"Precisamos começar a fazer gols. Preciso de alguém para fazer essa função de camisa 9. Este tem sido nosso grande problema, o nosso calo. Todos têm culpa. Se for o caso, posso buscar alguém no time sub 20 ou sub 17", declarou, sem revelar nomes.

O Guarani possui o pior ataque do Brasileiro, com apenas 31 gols marcados, ao lado do Ceará. Um exemplo da ineficiência do ataque campineiro é o fato de que Roger, que disputou apenas seis jogos antes de se transferir ao Kashiwa Reysol, do Japão, ser o vice-artilheiro do time, com seis gols. Mazola, que é um segundo atacante, anotou apenas sete até agora.

Quatro jogadores já foram testados sem sucesso no comando de ataque sem sucesso: Ricardo Xavier, que está no grupo desde o ano passado, além dos contratados Reinaldo e Rômulo, e do prata da casa Diogo.

Com a derrota para o Palmeiras por 1 a 0, no último domingo, o time de Campinas caiu para o 17º lugar, com 36 pontos. Perde para o Atlético Mineiro, na 16ª posição, no número de vitórias: 10 a 8.

Leia tudo sobre: campeonato brasileiroguaranisub 17sub 20

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG