Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tartá se prepara para encarar forte concorrência por vaga no time

Jogador sabe que será difícil ser titular com Deco, Emerson e Fred de volta ao Fluminense no jogo contra o Goiás, domingo, no Engenhão

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861523827&_c_=MiGComponente_C

Apesar do bom momento e do importante gol marcado contra o Vasco, Tartá sabe que não será fácil continuar como titular do Fluminense nesta reta final do Campeonato Brasileiro. Contra o Goiás, domingo, no Engenhão, o técnico Muricy Ramalho deve ter à disposição Emerson, Deco e Fred, que se recuperam de lesões. Com isso, a concorrência será bem maior.

A disputa com Rodriguinho Tartá venceu depois de entrar durante os jogos contra Grêmio e Atlético-PR e de ser titular contra o Internacional. O gol da vitória sobre o Vasco coroou sua volta ao time.

"A vida é assim mesmo. Nada para mim foi fácil. Por isso, quando a situação não é boa, eu tiro de letra. Uns vão direto, outros demoram um pouco mais para aprender. Tudo acontece a seu tempo e vou trablhando sério para ser merecedor um dia de uma chance", afirmou Tartá.

A expectativa é de que com o reforço dos jogadores machucados o Fluminense consiga as vitórias que precisa para conquistar o título brasileiro deste ano. Com 61 pontos, tem um de vantagem sobre Corinthians e Cruzeiro, que se enfrentam no sábado.

"O grupo do Fluminense tem muita qualidade e não dá para todo mundo atuar sempre. Mas sei que se o Muricy não confiasse em mim não teria me colocado nesse momento complicado do campeonato", comentou Tartá.

A forte concorrência não tirou do jogador o sentimento de solidariedade aos companheiros. Washington está há 13 jogos sem fazer gol e, contra o Vasco, teve pelo menos duas chances claras. Tartá saiu em defesa do atacante, que saiu aplaudido do Engenhão no fim do jogo pela torcida do Fluminense.

"Ele é um jogador importante para o nosso time, nosso homem de referência, que faz o pivô e sempre participa do jogo ativamente", disse Tartá.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofluminensefutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG