Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tapetão ainda pode salvar Paraná de queda no estadual

STJD anulou jugalmento do TJD-PR que absolveu o Rio Branco por escalação de jogador irregular

Leonardo Fagundes, iG Curitiba |

Gazeta Press
Jogador do Paraná esconde o rosto no jogo que determinou a queda da equipe
A boa campanha do Paraná Clube na Série B do Brasileirão fez o torcedor esquecer a péssima trajetória da equipe no Campeonato Paranaense, que culminou com o rebaixamento para a segunda divisão.

No entanto, o time ainda tem esperanças de reverter a situação no tapetão e a briga é com o Rio Branco, que teria escalado um jogador irregular na competição, podendo perder 18 pontos no Estadual e ser rebaixado no lugar do Paraná.

Nesta quinta-feira, o STJD determinou pela nulidade do julgamento do TJD-PR, envolvendo a escalação irregular do jogador Adriano de Oliveira Santos pelo Rio Branco. A decisão da nulidade do julgamento foi justamente para que o Paraná, terceiro interessado no processo, possa ser ouvido.

Entre para a Torcida Virtual do Paraná e convide seus amigos

Quando julgado pelo TJD-PR, em maio, o Rio Branco foi absolvido e recebeu uma multa de R$ 27.500,00. Isso porque, segundo o Tribunal Paranaense, houve erro envolvendo a federação estadual. A irregularidade está no nome do atleta. Adriano de Oliveira Santos foi inscrito como Adriano Oliveira dos Santos.

Agora, uma nova data para o julgamento pelo TJD-PR será marcada. Caso o Rio Branco seja punido com a perda de pontos, será rebaixado para Divisão de Acesso, beneficiando o Paraná Clube, que disputaria a primeira divisão estadual em 2012.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG