Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tadeu pede espaço para melhorar rendimento no Palmeiras

Atacante tem apenas três gols durante o ano inteiro e diz que no Prudente tinha mais oportunidades de jogo

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Depois de ficar um tempo sem nem ir para o banco de reservas, Tadeu volta a ganhar uma chance com Felipão. Graças à suspensão de Kleber e à cláusula contratual de Dinei que o impede de atuar sem pagar uma multa de R$ 300 mil, o atacante deve começar como titular ao lado de Luan no jogo contra o Atlético-PR desta quinta-feira. Perguntado pelos poucos gols que marcou com a camisa do Palmeiras, o jogador afirmou que teve poucas chances de jogar.

"No Prudente eu joguei bem mais, tive mais chances, por isso fiz mais gols. Aqui, no time grande é diferente. Tem o Kleber que é um dos grandes atacantes do país. É normal ficarmos um pouco no banco. Precisamos fazer o nosso melhor. O importante é saber que Felipão confia em todo mundo. Não tenho dificuldade nenhuma aqui, estou muito feliz", afirmou o jogador.

Tadeu tem 15 jogos com a camisa do Palmeiras e marcou três gols, todos contra o Vitória. Dois deles na Copa Sul-Americana e um no Brasileirão. Pelo Prudente,  ele fez nove gols no Paulistão e um no Nacional. Para chegar ao Palestra Itália, ele contou com a indicação de Marcos.

Apesar do padrinho de peso, o atacante não é dos mais cotados para continuar em 2011. Diretoria e Felipão já declararam que o grupo passará por uma reformulação. As poucas chances que ele ganha indicam que o jogador é um forte candidato a procurar novos rumos na próxima temporada. A situação, no entanto, não preocupa o atleta.

"Até o ano que vem está muito longe. Eu estou é pensando em classificar o time para Libertadores agora. Se o Felipão acha que eu tenho que continuar, vou ficar muito feliz. Felipão confia em todo mundo, ele deixou bem claro que todo mundo é importante. O Dinei já marcou seus gols, eu já marquei os meus, quem ganha chance está indo bem", finalizou.

Tadeu e Luan jogarão lado a lado pela primeira vez. No Brasileirão, juntos, eles têm apenas um gol - o de Tadeu diante do Vitória. Contra o Atlético-PR, na quinta-feira, o Palmeiras não contará com Valdivia, Kleber e Dinei. Ewerthon pode ser opção no banco de reservas. A provável equipe de Felipão terá: Deola; Márcio Araújo, Danilo, Fabrício e Gabriel Silva; Edinho, Marcos Assunção, Tinga e Lincoln; Luan e Tadeu.

Palaia acompanha treinamento

O presidente interino do Palmeiras, Salvador Hugo Palaia, acompanhou cerca de 15 minutos de treinamento nesta terça-feira. O dirigente conversou com Felipão durante um tempo e depois assistiu parte do rachão comandado pelo treinador. Lincoln ficou fazendo massagem no departamento médico, mas não será problemas para o jogo de quinta-feira.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolpalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG