Segundo Diário de S. Paulo, clube pediu troféus do São Paulo emprestado para fabricar réplicas

Capitão do Santos em 62, Zito chega ao Brasil com a taça do Mundial
AE
Capitão do Santos em 62, Zito chega ao Brasil com a taça do Mundial
Daqui a dois meses o Santos tentará levar para a Vila Belmiro a terceira taça do Mundial Interclubes. As duas primeiras, conquistadas em 1962 e 63, ninguém sabe onde estão. Segundo o jornal Diário de S. Paulo, o clube perdeu os troféus e se deu conta disse em 2001. Os que estão expostos no memorial santista são réplicas produzidas a partir da taça conquistada pelo São Paulo em 1993.

“Eu fiquei chocado, todos lamentamos. Sumiram os dois troféus mais importantes que um clube pode ter. De qualquer forma, a gente conseguiu resolver”, afirmou a ex-coordenadora do Memorial do Santos, Denise Covas ao jornal. O clube pegou emprestado uma das taças do Mundial do São Paulo e mandou fabricar uma réplica. Cada peça custou R$ 10 mil.

VEJA TAMBÉM: Elenco do Santos rejeita cachê e amistoso no Kuwait após Mundial

Ainda segundo o diário, o atual presidente do Santos , Luis Álvaro Ribeiro, não sabia do sumiço. O Santos venceu o Mundial duas vezes, em 1962 e em 63, ao derrotar o Benfica e o Milan, respectivamente, nas finais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.