Treinador do Corinthians não sabia que jogo não acontecerá mais no domingo e pede igualdade

Tite não sabia que o jogo entre Santos e Botafogo tinha sido adiado. Marcado inicialmente para este fim de semana, o encontro acontecerá agora no próximo dia 19 de outubro. O treinador do Corinthians acha que isso tira a igualdade do Brasileirão e passa tirar a referência dos times na hora em que for olhar a tabela e não saber qual a sua condição real no campeonato.

Assim que informado da mudança, Tite reagiu surpreso. "O Santos não vai jogar?", perguntou o comandante, para depoir ficar em silêncio por certo tempo, dar uma respirada de forma profunda e olhar para baixo. "Já está na segunda parte do campeonato e é importante que todos tenham o mesmo número de jogos. O certo é recuperar a tabela, fazer jogos na mesma rodada para que o campeonato ficasse equilibrado", pediu o treinador.

Siga o Twitter do iG Corinthians e receba as notícias do seu time em tempo real

"Depois, na hora em que você for enfrentar o adversário, não sabe se o time está na Sul-Americana, no G-4, se vai ser campeão. Perde a referência. A sugestão é que não tenha rodada, como alguns de vocês (imprensa) aqui estão falando. Jogo da seleção não deveria ter rodada", completou.

O treinador, no entanto, afirmou que a exceção que foi dada para o Santos dará direito a todos os outros times de cobrarem a mesma coisa em uma próxima convocação para a seleção brasileira e não descartou tentar defender o Corinthians caso essa situação aconteça novamente.

"A solução é não ter rodada. Não vamos prejudicar os outros. Ficar sem rodada é bom senso para todos. Mais do que apontar o erro, quero mostrar a solução, mas, sim, vou atrás do direito. Estou nesse direito de pedir o adiamento. Volto a dizer: Tem que ser igual para todos", finalizou.

As críticas quebram a trégua que o Corinthians tem dado a CBF (Confederação Brasileira de Futebol), especialmente por causa da boa relação entre o presidente do clube, Andrés Sanchez, e da instituição, Ricardo Teixeira. Sanchez, inclusive, pediu que sua torcida não entrasse na onda de protestos contra Teixeira na última rodada do 1º turno do Brasileirão.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.