Desde meados dos anos 90, quando se destacou à frente do Grêmio, treinador gaúcho coleciona entreveros

Luiz Felipe Scolari tem gênio forte e não foge de declarações polêmicas. Às vezes, no entanto, extrapola e parte para o embate físico. A suposta agressão ao fotógrafo nos vestiários do Engenhão, na última quarta-feira, reacende a discussão sobre a conduta do atual treinador do Palmeiras .

Relembre algumas brigas nas quais treinador do pentacampeonato com a seleção brasileira já se envolveu:

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

Felipão e a foto do suposto tapa em fotógrafo
Agif
Felipão e a foto do suposto tapa em fotógrafo


Confusão com Luxa na Copa do Brasil

Na semifinal da Copa do Brasil de 1995, Luiz Felipe Scolari comandava o Grêmio, e Vanderlei Luxemburgo estava à frente do Flamengo. No jogo de Porto Alegre, Luxa acusou o gaúcho de o agredir.

“Ele me deu um murro lá em Porto Alegre. Ele estava completamente louco”, acusou o flamenguista.

Em sua resposta, o gremista não negou que tenha perdido a cabeça, mas disse que não deu murro. “Eu não dei um soco. Eu o empurrei com as duas mãos porque ele me chamou de maluco por mandar bater nos adversários.”

Briga com Válber na final do Brasilerão

Já comandando o Palmeiras, Luiz Felipe Scolari se envolveu em confusão com o zagueiro Válber, do Vasco, em plena decisão do Brasileirão de 1997. A bola saiu pela lateral, o treinador ficou impaciente e atirou a bola em cima do vascaíno, que devolveu a gentileza.

Briga com jornalista no treino do Palmeiras

Após treino, Luiz Felipe Scolari não gostou dos questionamentos do jornalista Gilvan Ribeiro, do Diário Popular (hoje Diário de SP) e partiu para a agressão na frente de seus jogadores, que acompanhavam a discussão. Tudo começou por uma pergunta repetida várias vezes sobre uma possível proibição do treinador para que torcida entrasse nos treinamentos.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

Em 2000, incentiva agressão a Edilson

A virada de século foi marcada pela enorme rivalidade entre Palmeiras e Corinthians, que por dois anos seguidos decidiram jogos mata-mata de Libertadores e um título do Paulistão. Em 2000, às vésperas da semifinal da Libertadores contra um Corinthians mais técnico e embalado, Felipão resolveu inflamar seus jogadores. Com um discurso repleto de palavrões e uma boa dose de apologia à violência (“tem de ir para cima dessa p... de Corinthians”), mexeu com o grupo. Até porque tal discurso “vazou” para os microfones da imprensa, causando indignação nos corintianos. Seja como for, o Palmeiras eliminou o rival.

Agressão a jogador sérvio

Em 2008, em jogo válido pela Eurocopa, o treinador perdeu o controle novamente e agrediu o zagueiro da Sérvia Dragutinovic. Sem titubear, o treinador deu um soco com a mão esquerda na cara do atleta e deu início a uma confusão que envolveu os atletas e os reservas das duas equipes. O jogo terminou empatado por 1 a 1, e Felipão foi suspenso por três jogos, dando lugar a Flávio Murtosa no banco de reservas.

Felipão e a foto do suposto tapa em fotógrafo
Agif
Felipão e a foto do suposto tapa em fotógrafo

Felipão e as confusões no Engenhão

Em 2010, foi a vez do Botafogo acusar o treinador e seus jogadores de transformarem o vestiário do Engenhão em um chiqueiro. O time carioca ainda permitiu que os fotógrafos tirassem fotos do estado lastimável do local após a vitória palmeirense contra o Flamengo. O time paulista, por sua vez, se defendeu afirmando que tudo não passava de uma armação botafoguense em resposta às críticas de Felipão às instalações do estádio.

Agora, foi a vez do fotógrafo da agência Agif reclamar de agressão de Luiz Felipe Scolari, que teria se incomodado em ser fotografado entrando no elevador. Em sua defesa, o treinador afirma que o fotógrafo impediu o fechamento da porta do elevador para conseguir um clique e que ele apenas fez a porta fechar para poder voltar à cabine. Mesmo com seu treinador suspenso, o clube paulista afirma que ele poderia ir ao vestiário.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.