Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Superior durante toda partida, Figueirense apenas empata com o Ceará

Resultado manteve a equipe catarinense no oitavo lugar do Brasileiro, enquanto Ceará chega à 12º colocação

Gazeta Esportiva |

O Figueirense pressionou durante toda a partida, mas não conseguiu chegar a vitória diante do Ceará . Os times empataram por 1 a 1, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Com o empate, a equipe paranaense se manteve em oitavo lugar, com 13 pontos ganhos, enquanto o Ceará subiu uma posição e agora é o 12º colocado, com 11 pontos.

null

O placar do jogo foi inaugurado logo no início da partida. Aos 4 minutos de jogo, o atacante Washington aproveitou a falha defensiva do time catarinense para marcar seu terceiro gol no campeonato. O Figueirense só conseguiu chegar ao gol aos 18 minutos do segundo tempo, com Maicon , mas não teve forças para reverter o placar.

Ambos os times voltarão a campo no próximo domingo. O Ceará enfrentará o América-MG , no Presidente Vargas, enquanto o Figueirense jogará novamente no Orlando Scarpelli, contra o Grêmio .

AE
Rhayner (esquerda), do Figueirense, em lance com Vicente, do Ceará, durante empate em Florianópolis
O jogo

A partida não podia ter começado melhor para o Ceará. Logo aos 4 minutos de jogo, o volante Túlio tentou sair jogando no campo defensivo do Figueirense e perdeu a bola para Thiago Humberto . O meia tocou a bola para Osvaldo , que ajeitou para Washington chutar da entrada da área e acertar o canto esquerdo do goleiro Wilson e abrir o placar.

Após o gol, o Ceará passou a jogar mais recuado, enquanto o Figueirense tentava chegar ao ataque através de jogadas aéreas. Aos 21 minutos, Rhayner cruzou para Heber que tentou chutar de primeira e apenas recuou para o goleiro Fernando Henrique.

O Figueirense ainda teve duas boas oportunidades com Aloísio, que chutou para fora em ambas e desperdiçou a oportunidade de empatar o jogo. O Ceará respondeu aos 26 minutos, quando Vicente cruzou para a área e Wilson saiu bem do gol para afastar a bola da meta do Figueira.

O time catarinense continuou pressionando o Ceará. Aos 35 minutos de jogo, Juninho chutou de muito longe para uma excelente defesa do goleiro Fernando Henrique. Logo em seguida, aos 36 minutos de jogo, o meia Maicon acertou um bom chute de fora da área para outra defesa do goleiro da equipe cearense.

Abusando das jogadas aéreas nas bolas paradas, o Figueirense não conseguia furar o bloqueio da zaga cearense. O goleiro Fernando Henrique trabalhava bem, apesar de sentir muitas dores na mão. Entretanto, a última boa chance do primeiro tempo foi do Ceará. Aos 45 minutos, Osvaldo arrancou bem e tocou para Washington, que chutou de fora da área para a defesa de Wilson.

As equipes voltaram para o segundo tempo com uma alteração cada. O goleiro Fernando Henrique sucumbiu às dores que sentia na mão e foi substituído por Diego, enquanto o volante Túlio, que foi muito criticado pela torcida no primeiro tempo, deu lugar a Wilson Pittoni.

O panorama do jogo continuou o mesmo do primeiro tempo. O Figueirense continuava tentando chegar ao gol, enquanto o Ceará apenas se defendia na tentativa de encaixar um contra-ataque. Entretanto, sem conseguir chegar ao gol, o técnico Jorginho resolveu colocar o atacante Reinaldo logo aos 10 minutos de jogo, no lugar de Aloísio. A alteração provocou a fúria da torcida do Figueira, que começou a vaiar o treinador.

Aos 13 minutos de jogo, Rhayner entrou na área e chutou para a defesa de Diego, no rebote, o jogador acertou o zagueiro do Ceará. O time cearense respondeu logo em seguida, com Washington, que aproveitou a falha de Roger Carvalho e chutou para o goleiro Wilson defender em dois tempos.

Quando o cronômetro apontava 18 minutos da segunda etapa, o Figueirense fez valer sua superioridade e chegou ao empate. Reinaldo fez boa jogada e tocou para Ygor, que chutou forte. O goleiro Diego espalmou para cima e se atrapalhou com a bola, dando a chance de Maicon empurrar a bola para as redes e igualar o placar.

O Ceará continuou apático no jogo, enquanto o Figueirense chegava ao ataque diversas vezes. Mesmo pressionando durante todo o segundo tempo, o time catarinense não conseguia acertar o gol, finalizando grande parte das vezes para fora da baliza defendida por Diego.

A última boa chance do jogo foi do Figueirense, que quase conseguiu a virada aos 40 minutos. O atacante Fernandes cruzou a bola para Wilson Pittoni aparecer sozinho e cabecear para uma linda defesa de Diego.

Após esse lance, o destaque ficou para o técnico Vagner Mancini, que foi expulso aos 46 minutos por reclamação.

FICHA TÉCNICA - FIGUEIRENSE x CEARÁ

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data:
10 de julho de 2011, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro:
Antonio Denival de Morais (PR)
Assistentes:
Roberto Braatz e José Amilton Pontarolo (ambos do PR)
Cartões Amarelos:
Ygor e Wilson Pittoni (Figueirense), Vicente, Diego e Heleno (Ceará)

Gols: CEARÁ: Washington, aos 4 minutos do primeiro tempo
FIGUEIRENSE: Maicon, aos 18 minutos do segundo tempo

FIGUEIRENSE: Wilson; Bruno Vieira, Edson Silva, Roger Carvalho e Juninho; Ygor, Túlio (Wilson Pittoni), Maicon e Rhayner (Fernandes); Heber e Aloísio (Reinaldo)
Técnico:
Jorginho

CEARÁ: Fernando Henrique (Diego); Boiadeiro, Fabrício, Diego Sacoman e Vicente; Michel, João Marcos, Heleno e Thiago Humberto (Rudnei); Washington e Osvaldo (Felipe Azevedo)
Técnico: Vágner Mancini

Leia tudo sobre: brasileirao 2011figueirenseceara

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG