Tamanho do texto

Robston é um dos principais jogadores do Atlético, com quem subiu da 3ª para a 1ª divisão nacional

Jogador importante para o elenco do Atlético-GO , Robston não aparece para trabalhar desde quarta-feira, quando ficou de fora do jogo contra o Trindade, pelo Campeonato Goiano. Até o momento, o clube não recebeu nenhuma explicação e já adiantou que punirá o volante.

O sumiço do jogador, no entanto, será tratado pela diretoria somente depois do clássico deste sábado contra o Goiás, no Serra Dourada. Segundo o diretor de futebol da equipe, Adson Batista, o episódio não merece maior atenção do que a partida contra o rival estadual.

"Estamos focados somente no clássico, em dar confiança à equipe. Esse assunto vai ser tratado na segunda-feira, dia em que está marcada a reapresentação", disse o dirigente, em tom de conformismo com a atitude de Robston, reincidente nos problemas fora de campo.

Aos 29 anos, o volante é um dos principais jogadores do Atlético, com quem subiu da terceira para a primeira divisão nacional, além de ter conquistado dois títulos goianos. Desde 2006 no clube, ele foi sondado pelo Santos no ano passado e admitiu o desejo de mudar de time.

A equipe rubro-negra, comandada pelo técnico Alfredo Montesso, desafia o Goiás a partir das 19h30 (de Brasília). Passadas quatro rodadas da competição, o Atlético tem 100% de aproveitamento e lidera com vantagem de quatro pontos sobre Vila Nova e Anapolina.