Jogadores celebraram após o empate com Serra Leoa, que decretou o time fora da Copa de Nações Africanas

Os jogadores da África do Sul celebraram o empate de 0 a 0 com Serra Leoa após o final da partida neste sábado. Eles achavam que o resultado garantia a classificação para a Copa das Nações Africanas, o que não aconteceu.

Mohammed Bangura, de Serra Leoa, e Andile Jali, da África do Sul, disputam bola no empate deste sábado
AFP
Mohammed Bangura, de Serra Leoa, e Andile Jali, da África do Sul, disputam bola no empate deste sábado
Com o empate, os sul-africanos ficaram com o mesmo número de pontos de Níger, que perdeu para o Egito neste sábado por 3 a 0, mas com saldo positivo de dois gols. Níger tem saldo negativo de dois.

O que os sul-africanos não sabiam era que o primeiro critério de desempate nas eliminatórias da Copa de Nações Africanas é o confronto direto entre os times. No dia 4 de setembro, a África do Sul perdeu por 2 a 1 para Níger, o que definiu a classificação.

“Vamos ouvir o que a CAF (Confederação Africana de Futebol) vai dizer”, afirmou o técnico da África do Sul, Pitso Mosimane, após a partida a uma emissora de TV. “Estamos classificados? O que você acha? Caso sim, estou muito feliz. Eu não sei”, disse o treinador, segundo a agência de notícias AP.

Antes da entrevista do técnico, os jogadores sul-africanos deram até uma volta olímpica no campo do estádio Mbombela, em Nelspruit, e dançaram com a torcida. Após a celebração, eles foram informados que a África do Sul estava eliminada.

Copa Africana não terá potências
Dos 14 últimos campeões da Copa das Nações Africanas, só dois estarão na próxima edição da competição , que será disputada entre janeiro e fevereiro do ano que vem, no Gabão e na Guiné Equatorial. Além da queda da África do Sul, a Nigéria também decepcionou jogando em casa e está fora do torneio.

Camarões e Egito também não conseguiram classificação para a Copa Africana de Nações, que garante ao campeão uma vaga para Copa das Confederações de 2013, no Brasil.

Das principais forças do futebol africano, só conseguiram se classificar Senegal, Costa do Marfim, Gana, Angola e Tunísia. Marrocos e Argélia fecham as eliminatórias no domingo e ainda tentam a classificação. No máximo uma delas vai conseguir avançar. Quem comemora são os clubes europeus, que terão que ceder menos jogadores do que o previsto durante a temporada.

Neste sábado, a Nigéria, que foi na última Copa do Mundo, precisava apenas vencer a Guiné, em casa. Empataram em 2 a 2 e viram os rivais ficarem com a vaga do Grupo B das Eliminatórias. O gol da classificação de Guiné saiu aos 50 minutos do segundo tempo, marcado por Ibrahima Diallo.

Estão classificados para a Copa das Nações Africanas as seleções de: Gabão, Guiné Equatorial (países sede), Mali, Guiné, Zâmbia, Senegal, Burkina Faso, Níger, Costa do Marfim, Gana, Angola, Botsuana, Tunísia, Líbia e Sudão. No domingo será definido o Grupo D, que tem Marrocos, República Centro-africana, Tanzânia e Argélia ainda com chances.

* com informações da agência AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.