Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Suárez e Coates esperam que o Monumental se vista de celeste

Uruguai vai fazer a final da Copa América no estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires

EFE |

O atacante Luis Suárez e o zagueiro Sebastián Coates pediram neste quarta-feira, um dia após terem sido titulares na vitória por 2 a 0 do Uruguai sobre o Peru nas semifinais da Copa América , o apoio da torcida para a decisão, que será disputada neste domingo, no estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires.

"Sabemos que há uma grande expectativa no Uruguai. Esperamos que o estádio se vista de celeste no domingo e que possamos dar uma alegria aos que vierem e aos que nos assistirem de casa", declarou o Coates em entrevista coletiva. Já Suárez alcançou a artilharia do torneio, com três gols, junto ao argentino Sergio Agüero, ao marcar os dois gols da vitória contra os peruanos.

No entanto, o atacante considerou que o feito individual é secundário e garantiu estar focado na conquista do título. "Claro que eu como atacante sempre quero marcar gols. Mas para nós o maior prêmio é o coletivo, que a equipe seja campeã, independentemente de quem anote", destacou o atacante, que exaltou a força do grupo comando pelo técnico Oscar Tabárez dentro e fora de campo.

"Um exemplo é Diego (Forlán), que foi eleito o melhor jogador da Copa do Mundo da África do Sul e em nossa equipe ele é apena um a mais. Todos temos essa mentalidade. Somos iguais, não há ninguém diferente", comentou.

Sobre o adversário da final, que sairá do confronto entre Paraguai e Venezuela, nesta quarta-feira, o jogador do Liverpool disse que a 'Celeste' pode jogar de igual para igual contra qualquer um dos dois. "Ambas as equipes têm méritos por estarem aqui.

O Paraguai é muito duro, sempre foi, e pela história é parecido conosco. E a Venezuela cresceu muito nos últimos anos", afirmou Suárez, antes de destacar que ele e seus companheiros eliminaram a Argentina, a qual considerou o adversário mais difícil do torneio.

Leia tudo sobre: futebol mundialcopa américa 2011uruguai

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG