Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

STJD marca julgamento por desordem da torcida do Palmeiras

Clube paulista acabou denunciado em função de sua torcida ter arremessado copos de água na área do goleiro Deola, contra o Fluminense

Gazeta Esportiva |

O Palmeiras terá de se defender na próxima semana pela confusão causada por alguns torcedores no jogo contra o Fluminense, na Arena Barueri. O julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) será realizado na terça-feira, às 18 horas.

O clube paulista acabou denunciado em função de sua torcida ter arremessado copos de água na área do goleiro Deola, aos 15 minutos do primeiro tempo. O Palmeiras vai responder pelo artigo 213 (deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Inicialmente, a punição ficaria apenas em uma multa: de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais). O Palmeiras correria o risco de perder mandos de campo apenas se houvesse uma gravidade elevada de sua falta.

Contudo, a súmula do árbitro Hilton Sampaio aliviou a situação alviverde e relatou que os "copos arremessados não atingiram qualquer atleta".

Leia tudo sobre: campeonato brasileiropalmeirasstjd

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG