Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

STJD mantém queda do Brasiliense e salva Duque de Caxias

Desentendimento sobre o resultado no caso de não haver vitória, decidiu caso na Justiça

Gazeta Esportiva |

Após ser absolvido em primeira instância pela escalação irregular do jogador Leandro Chaves, o Duque de Caxias conseguiu manter o resultado em sessão realizada nesta quinta-feira no Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

A votação foi acirrada. Com o voto de todos os oito auditores houve um empate, mas o desentendimento sobre o resultado no caso de não haver vitória, levou Caio Rocha a mudar de opinião.

O atleta entrou em campo no duelo contra o Icasa, quando deveria cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Mas o clube carioca alega não que não sabia que os cartões recebidos se mantinham após troca de equipe. Esse foi o caso de Leandro, que jogava pelo Tigres/RJ e foi para o Duque de Caxias já com um cartão amarelo em seu histórico, segundo a CBF.

O Brasiliense, mesmo tendo ficado na 17ª posição, ainda tinha esperança de permanecer na Série B do Campeonato Brasileiro, caso o Duque fosse condenado. Mas como não cabe mais recurso na esfera esportiva desse caso, a queda do clube de Brasília para a Série C está mantida.

 

Leia tudo sobre: brasilienseDuque de Caxias-RJsérie bsérie c

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG