São Paulo recorreu e conseguiu um efeito suspensivo ao jogador, que será julgado novamente por expulsão contra o Coritiba

O técnico Adilson Batista ganhou um reforço importante para o jogo deste sábado, contra o Atlético-PR , no estádio do Morumbi. O São Paulo , por meio do seu departamento jurídico, recorreu e conseguiu um efeito suspensivo no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) que libera o volante Denilson para atuar pela 16ª rodada do Brasileirão.

Siga o iG São Paulo no Twitter

O camisa 15 tricolor foi expulso nos minutos finais da vitória contra o Coritiba por 4 a 3, no Couto Pereira, e, julgado na última quarta-feira, pegou dois jogos de suspensão. Como havia cumprido uma dessas partidas diante do Vasco, Denilson teria que ficar de fora do jogo contra o Atlético-PR, mas a ação são-paulina livrou o atleta para o duelo. A data do novo julgamento ainda está indefinida.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

Denilson participou de cinco jogos desde que retornou ao São Paulo, mas ficou marcado negativamente pelas duas expulsões que já acumula - contra o Coritiba e Ceará, esta última na Copa Sul-Americana. Depois do duelo contra os cearenses, o volante desabafou no Twitter e pediu desculpas aos torcedores são-paulinos.

Denilson no dia da sua estreia, contra o Atlético-GO
Vipcomm
Denilson no dia da sua estreia, contra o Atlético-GO

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.