Times do Amazonas disputam a segunda a vaga, que antes tinha sido entregue por um critério político

selo

Nesta quinta-feira, o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), no Rio de Janeiro, tomou uma decisão polêmica. O Tribunal acatou o recurso do Fast Club-AM e determinou que o clube seja incluído na disputa do Campeonato Brasileiro da Série D - a quarta divisão nacional. O julgamento aconteceu porque o time de Manaus pleiteou a vaga por ter sido vice-campeão amazonense. Desta forma, o STJD ainda determinou que o Nacional-AM seja excluído da competição e que a CBF remarque os jogos do Grupo 1.

O Fast Club questionou a nomeação do Nacional como um dos dois representantes amazonenses na Série D, alegando ser esta, por direito, dele, já que foi o vice-campeão do estadual. De início, o Estado do Amazonas só poderia ter o seu campeão para ser o representante na Série D. Mas com a desistência do Estado de Roraima em ocupar a sua vaga, abriu um novo lugar para um clube amazonense.

Como era o vice-campeão estadual de 2010, o Fast Club esperava pela indicação, mas viu a Federação Amazonense de Futebol indicar o Nacional, quarto colocado, adotando um critério político ao invés de técnico. O Penarol, campeão, ficou com a primeira vaga.

A decisão da Federação Amazonense de Futebol por indicar o Nacional foi baseada no ranking nacional de clubes, quando na verdade, segundo o entendimento da própria Procuradoria do STJD, deveria ter adotado o critério de melhor índice técnico do Estadual no ano anterior, de 2010, o que daria a vaga ao Fast Club.

Em julgamento no Tribunal Pleno do TJD-AM, por maioria de votos, o Fast Club havia sido derrotado com a decisão de ser mantido a interpretação conferida pela Federação Amazonense ao regulamento específico da competição. Agora, com o direito adquirido pelo Fast Club de disputar a Série D, todos os jogos do Nacional, que figura como integrante do Grupo 1, serão anulados, cabendo à CBF remarcar os jogos para que o Fast Club dispute a competição.

O departamento técnico da entidade nacional aguarda um comunicado oficial do STJD para tomar as providências necessárias. O Nacional é o lanterna do Grupo 1, tendo somado apenas um ponto em quatro jogos. Neste sábado, pela sexta rodada, vai receber o Plácido de Castro, do Acre.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.