Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

STJD absolve Marcos Pimentel e julga recurso de Jael na quinta

Atacante da Portuguesa pode ser suspenso por causa da expulsão durante a partida contra o Paraná

Gazeta |

Em julgamento realizado nesta quarta-feira, os advogados da Portuguesa conseguiram livrar o lateral direito Marcos Pimentel de uma punição dura. O jogador foi absolvido por unanimidade e está liberado para atuar contra o ASA-AL , no próximo sábado, no estádio Coaracy Fonseca.

Marcos Pimentel havia sido expulso no jogo contra o Grêmio Barueri, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Na ocasião, o lateral levou o segundo amarelo por calçar seu adversário durante o segundo tempo de jogo, e foi enquadrado no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que consiste em praticar ato desleal ou hostil durante a partida.

Já Jael, que não atuou contra o São Caetano, na última terça-feira, por conta de um estiramento na perna direita, será julgado nesta quinta-feira (30) pela expulsão durante a partida contra o Paraná.

O atacante já tinha sido suspenso por cinco partidas em primeira instância, e estava jogando com um efeito suspensivo, conseguido pelo departamento jurídico da Lusa. O jogador, que foi acusado de ter dado um soco na cabeça de Léo, atacante do Paraná, comentou sobre o julgamento na última semana.

"Na verdade eu estava na área, deu um empurra-empurra. O moleque pisou no meu pé e colocou o braço para trás e eu empurrei, nada mais que isso. Ele caiu no chão fazendo essa cena toda, o juiz caiu na dele e me expulsou. Agora vamos deixar a justiça ver isso, vai dar tudo certo. Agora terá o outro julgamento estou com a cabeça 100% na Portuguesa e nessa reversão da pena", explicou Jael.

Caso seja condenado, Jael só poderá atuar pela Portuguesa no dia 26 de julho, contra o Americana, no Canindé.

Leia tudo sobre: PortguesaSTJDsérie b 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG