Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Staff de Ganso viaja à Itália para reunião com Inter e Milan

O diretor da DIS, Thiago Ferro, e o irmão do camisa 10, Julio Chagas, se encontrarão nesta terça-feira na Itália

Samir Carvalho, iG Santos |

Os representantes do meia Paulo Henrique Ganso viajaram para a Itália nesta segunda-feira, onde estarão reunidos com dirigentes dos clubes italianos, interessados no camisa 10 do Santos. Inter de Milão e Milan disputam a contratação de Ganso, que depois de várias reuniões durante sete meses, não acertou sua renovação contratual com o clube.

O iG apurou que o diretor executivo da DIS, braço esportivo do Grupo Sonda, Thiago Ferro, que estava em Portugal, onde negociou a transferência do meia Bruno Cesar, do Corinthians, para o Benfica, esteve em Londres no último domingo para acompanhar o jogo da seleção brasileira contra a Escócia, e viajou nesta segunda-feira para a Itália.

Ferro se encontrará nesta terça-feira com o irmão do camisa 10, Julio Chagas, conhecido como Papito, que também viajou nesta segunda para a Europa. Apesar de Inter e Milan disputarem o jogador, o time do técnico Leonardo está na frente da concorrência, justamente pela influência do treinador brasileiro, que mantém contatos com Ganso.

A diretoria do Santos afirmou nesta segunda-feira que ainda não recebeu nenhuma proposta pelo meia, e evitou criticar o staff do atleta. “Não temos o conhecimento de nenhuma negociação em andamento, e também não recebemos propostas pelo Ganso. Os representantes são livres para fazer o que quiserem. O Santos não tem o interesse em oferecer o jogador para ninguém”, disse o diretor de futebol do clube, Pedro Luis Nunes Conceição.

Na semana passada, o presidente do Santos, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, revelou que o atleta deseja atuar no futebol europeu, e ainda declarou que o clube está disposto a receber propostas pelo camisa 10.

“O jogador manifestou interesse em jogar na Europa, e isso é compreensível. Se no devido momento surgir uma proposta que atenda os interesses do Santos, e a multa é um referência, estamos dispostos a estudar”, afirmou o presidente.

Em entrevista exclusiva ao iG, o camisa revelou o interesse de Inter e Milan em seu futebol, e ainda declarou que não tinha preferência por nenhuma equipe, já que nos dois clubes atuam companheiros de seleção brasileira.

“Não que eu tenha preferência, mas gosto do futebol italiano. São dois times (Inter e Milan) que se mostraram mais interessados no meu futebol. Na Inter eu conheço o treinador, que é o Leonardo. No Milan eu conheço o Pato, Thiago Silva, o Robinho, que estiveram na seleção comigo. É amizade nos dois lados”, disse.

 

 

 

Leia tudo sobre: santosdisgansomilaninter de milão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG