Time pernambucano superou o ABC-RN na Ilha do Retiro e conseguiu se consolidar na parte de cima da tabela

O Sport Recife derrotou o ABC-RN por 2 a 0 nesta terça-feira e, de quebra, findou a última invencibilidade do Campeonato Brasileiro Série B. Além disso, o time recifense contabilizou 13 pontos e garantiu vaga na parte de cima da tabela.

O próximo adversário do Sport será o São Caetano, no ABC paulista. Enquanto isso, o ABC-RN receberá o Criciúma, no Estádio Frasqueirão, em Natal.

O jogo
O primeiro tempo na Ilha do Retiro foi de uma equipe só. Fazendo jus ao fator casa, o Sport foi muito superior ao ABC-RN, que desembarcou no Recife como a única equipe sem perder na Segundona.

Mesmo cambaleante na competição, o time pernambucano iniciou o embate com tudo. Logo aos oito minutos, o lateral direito Moacir, ex-Corinthians, arriscou chute de fora da área e venceu o goleiro Welligton.

Com o tento, o Leão persistiu com o controle do jogo. Aos 16, o meia Maylson, emprestado pelo Grêmio-RS, acertou um belo chute, que sacudiu a trave do time potiguar.

As pontuais chances do ABC, no primeiro tempo, saíram por contra-ataques rápidos ou em jogadas aéreas para o atacante Leandrão, que pouco pôde fazer para amenizar a monotonia da equipe alvinegra. O lance de maior perigo dos visitantes ocorreu aos 29 minutos. Renatinho Potiguar cruzou, mas Leandrão chegou atrasado para cabecear.

Na segunda etapa, o Sport continuou criando oportunidades mais claras - apesar de que, ao mesmo tempo, o ABC passou a gostar mais do jogo. Mas, após sustos e gritos de 'quase', a angústia do torcedor mandante teve fim.

Aos 27 minutos, o volante Hamilton recebeu na direita e bateu cruzado. A bola passou debaixo do arqueiro adversário: 2 a 0, construído também muito pela participação do goleiro Rodrigo Calaça, substituto do lesionado Magrão.

Com o triunfo (que não vinha há quatro rodadas), os pernambucanos somaram 13 pontos na Série B e asseguraram vaga no pelotão de frente do campeonato. Mesma soma dos abecedistas, que provaram pela primeira vez o gosto da derrota no torneio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.