Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sport interrompe série invicta do Náutico e reage na Série B

Clássico pernambucano terminou com vitória do time da Ilha do Retiro, que contou com gols de Marcelinho Paraíba e Maylson

Gazeta |

O Sport levou a melhor, nesta terça-feira, no chamado 'Clássico dos Clássicos'. O Leão derrotou o Náutico por 2 a 0, em partida adiada da 14ª rodada, e voltou a se encher de confiança na Série B do Campeonato Brasileiro. 

Com o triunfo, o Sport se reabilitou, somou três pontos importantes (indo para 23) e, de quebra, findou uma sequência de sete jogos de invencibilidade do rival, que continuou com 26 e dentro do G4, grupo dos que ascendem à elite do futebol verde-amarelo.

Para manter o embalo, o Sport terá pela frente a líder Portuguesa no próximo sábado, novamente no Recife. Já o Náutico visitará o Grêmio Barueri no mesmo dia.

O jogo
Após duas derrotas seguidas, o Sport tinha o intento de desbancar o arquirrival para recuperar a autoestima no torneio. Para isso, partiu para cima do Náutico e não demorou a incomodar o goleiro alvirrubro Gideão.

Por falar no arqueiro, ele foi o personagem principal dos primeiros 45 minutos. Foram, pelo menos, três importantes intervenções que mantiveram o placar da Ilha do Retiro zerado.

A primeira chance dos mandantes ocorreu aos 18 minutos. Junior Viçosa bateu cruzado e Gideão defendeu. Na sequência do lance, Diego Torres arrematou de fora da área e parou também na muralha. Nove minutos depois, outra defesa providencial. O camisa 1 voou e aparou bela cobrança de falta de Wellington Saci.

O Náutico, há sete rodadas sem perder, se manteve acuado e criou poucas chances. A mais aguda foi apenas na marca dos 40 minutos, quando Elicarlos disparou um forte chute para boa defesa de Magrão.

A segunda etapa seguiu a mesma dinâmica. O Sport, do técnico Mazola Júnior, continuou rondando a área adversária. O veterano Marcelinho Paraíba pegou, aos sete minutos, uma sobra de primeira e ouviu o grito de 'quase'. Contudo, oito minutos depois, o barulho ecoado foi de 'gol'.

O mesmo Marcelinho recebeu, invadiu a área e cruzou para a grande a área. A bola passou por todo mundo e morreu no fundo das redes: 1 a 0 na Toca do Leão. O tento deixou o jogo mais aberto.

O Náutico buscou, de imediato, o empate, porém, aos 36 minutos, recebeu o golpe de misericórdia. Após contragolpe rápido, o camisa 10 Marcelinho rolou para Maylson sacramentar. 

FICHA TÉCNICA
SPORT 2 X 0 NÁUTICO

Local: Estádio da Ilha do Retiro, no Recife (PE)
Data: 9 de agosto de 2011, terça-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR)
Assistentes: Wilton Lins e Clóvis Amaral (ambos de PE)
Cartões amarelos: Hamilton, Tobi, Maylson e Júnior Viçosa (Sport); Peter e Eduardo Ramos (Náutico)

GOLS: SPORT: Marcelinho Paraíba, aos 15 minutos do segundo tempo, e Maylson, aos 35 minutos do segundo tempo

SPORT: Magrão; Thiaguinho, Tobi, Gabriel e Wellington Saci; Hamilton, Rithelly, Diego Torres (Maylson) e Júnior Viçosa; Paulista (Bruno Mineiro) e Marcelinho Paraíba (Daniel Paulista)
Técnico: Mazola Júnior

NÁUTICO: Gideão; Peter, Ronaldo Alves, Marlon e Jeff Silva; Elicarlos, Everton, Derley e Eduardo Ramos (Élton); Kieza (Moisés) e Rogério (Alexandro)
Técnico: Waldemar Lemos

Leia tudo sobre: série b 2011sportnáutico

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG