Gols dos pernambucanos foram marcados por Marcelinho Paraíba, Willians, Bruno Mineiro e Wellington Saci

O Sport sufocou, pressionou e aproveitou as suas chances para bater o Vitória por 4 a 0 na tarde deste sábado, em duelo decisivo na briga das duas equipes por uma vaga no G-4 do Campeonato Brasileiro da Série B. Os gols dos pernambucanos, que tiveram atuação inspirada pela massiva presença da torcida, foram marcados por Marcelinho Paraíba, Willians, Bruno Mineiro e Wellington Saci.

Com o resultado, o time pernambucano assume a quarta colocação e entra no zona de acesso à primeira divisão do futebol brasileiro, com 44 pontos. Com 36, os baianos veem a briga ficar cada vez mais distante.

Na próxima rodada, os comandados do técnico PC Gusmão tem uma dura missão diante do Criciúma, fora de casa, enquanto os baianos tentam a recuperação contra a vice-líder Ponte Preta, no Barradão.

O Jogo

O primeiro tempo do duelo praticamente só teve um time. À exceção de uma boa chegada de Geovanni, já aos 40 minutos, em que Magrão fez fácil defesa, o Sport não deu chances os baianos, encurralou a saída de bola e soube levar grande perigo ao gol defendido por Fernando Leal.

Na primeira das oportunidades, aliás, o placar foi aberto. Thiaguinho recebeu na direita logo aos dois minutos e cruzou para Bruno Mineiro. O atacante se antecipou â zaga e cabeceou na trave. No rebote, Marcelinho Paraíba se mostrou atento e só empurrou a bola par as redes.

Aos 18, o mesmo Marcelinho quase deu passe para o segundo, ao bater cruzado uma bola que o atacante Willians quase desviou para o fundo das redes. Sete minutos mais tarde, porém, não teve escapatória.

Após erro de Uelliton, o mesmo Willians partiu em velocidade e, na saída de Fernando, chutou com força, alto, sem chances para o arqueiro. Robston, que entrou no lugar de Naldinho, machucado, quase ampliou de cabeça aos 32, mas mandou para fora.

Descontrolados com a facilidade encontrada pelo time adversário, os jogadores do Vitória discutiam entre si. Maurício e Uelliton quase chegaram às vias de fato. O prejuízo só não foi maior porque Bruno Mineiro, já nos acréscimos, recebeu livre dentro da área e isolou.

No segundo tempo, administrando a vantagem, o Leão da Ilha diminuiu o ritmo e passou a valorizar mais a posse de bola. Mas ainda faltava o gol do esforçado Bruno Mineiro. E para premiar a sua atuação, o centroavante recebeu bom cruzamento de Robston e cabeceou no canto de Fernando, que não alcançou.

A partir dali o dia foi só de festa por parte da torcida, que lotava o caldeirão. Para selar com goleada a entrada no G-4, Bruno Mineiro invadiu a área e foi derrubado pelo goleiro. Pênalti, batido e convertido com categoria por Wellington Saci para fechar o 4 a 0.

FICHA TÉCNICA - SPORT RECIFE 4 X 0 VITÓRIA

Local: estádio Ilha do Retiro, no Recife (PE)
Data: 24 de setembro de 2011, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Ivaney Alves de Lima (SE)
Cartões Amarelos: Montoya (Sport); Fernando, Alisson e Jean (Vitória)
Gols: Marcelinho, aos 2, e Willians, aos 25 do primeiro tempo, Bruno Mineiro, aos 15, e Wellinton Saci, aos 32 do segundo tempo

SPORT-PE: Magrão; Thiaguinho, César Lucena (Montoya), Tobi e Wellington Saci; Hamilton, Rithely, Naldinho (Robston) e Marcelinho Paraíba; Willians (Danielzinho) e Bruno Mineiro.
Técnico: PC Gusmão

VITÓRIA-BA: Fernando; Nino, Alison, Maurício e Felipe (Jean); Uelliton, Preto, Fernandinho e Geovanni; Marquinhos (Arthur Maia) e Neto Baiano (Fábio Santos)
Técnico: Vágner Benazzi

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.