Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Souza se inspirou em Ceni para se especializar nas bolas paradas

Autor de um golaço de falta na vitória sobre o Macaé, meia reconhece que no São Paulo não tinha vez nas cobranças.

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Souza confirma que Rogério Ceni foi sua grande inspiração para se tornar um grande cobrador de faltas. No entanto, o meia admite que o início de sua caminhada foi complicada, até porque o goleiro tinha prioridade em quase todas as cobranças. Mas nem por isso o principal reforço do Fluminense deixou de treinar e a repetição à exaustão e sua habilidade nos treinos foram os ingredientes que fizeram de Souza um dos maiores especialistas em bolas paradas do país.

Autor de um golaço de falta e outro de mero oportunismo na vitória de 3 a 1, sobre o Macaé, Souza cobra mais de 30 faltas diariamente após os treinamentos . O bom aproveitamento do meia é tão alto, que o próprio Muricy Ramalho admite que a bolas paradas que saem de seus pés se tornaram uma das principais armas ofensivas do Fluminense.

Photocamera
Souza, do Fluminense, comemora um de seus gols na tranquila vitória sobre o Macaré, pelo Carioca
“A bola parada dele é muito perigosa. Mas isso é fruto de muito trabalho. Ele e o Marquinho treinam demais diariamente e sempre que temos uma falta próxima da área a expectativa de gol é enorme”, afirmou Muricy.

O gosto pelas cobranças de falta começou no Morumbi e não surgiu por acaso. De tanto assistir o ídolo Rogério Ceni treinar, Souza começou a fazer o mesmo embora soubesse que durante os jogos dificilmente teria alguma oportunidade de cobrar.

“Comecei a me dedicar às cobranças de faltas no São Paulo. Mas o problema é que o cobrador era o Rogério, mesmo assim eu treinava bastante. Ele sempre me dava uns toques e elogiava bastante dizendo que eu tinha potencial para ser um exímio cobrador. Antes de ir para o São Paulo fiz um gol nele. Tenho treinado muito e a bola tem entrado”, explicou o meia.

Leia tudo sobre: FluminenseSouzaCampeonato Carioca 2011Rogério Ceni

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG