Tropeços de Flamengo, São Paulo e Vasco permitem equipe ser “campeã” empatando clássico

A sorte tem acompanhado o Corinthians no final do primeiro turno do Campeonato Brasileiro . Apesar da queda de rendimento e dos pontos perdidos nas últimas rodadas, a equipe do Parque São Jorge depende de um simples empate contra o Palmeiras , no domingo, para terminar a primeira metade do torneio na ponta. Tudo porque os rivais diretos pela liderança não têm se aproveitado dos vacilos corintianos.

Júlio César reconhece que sorte está do lado corintiano
Bruno Winckler
Júlio César reconhece que sorte está do lado corintiano
Siga a página do iG Corinthians no Twitter

A derrota para o Figueirense , sábado, deixou o Corinthians com 37 pontos. O Flamengo , no domingo, poderia igualar-se, mas empatou com o Internacional e foi a 35. O São Paulo , que tinha a chance de ficar apenas um ponto atrás, não passou do 1 a 1 com o Palmeiras e foi a 34. Mesma pontuação do Vasco, outro que empatou: 1 a 1 com Fluminense .

Entre para a torcida virtual do Corinthians

Assim, se chegar a 38 pontos, o Corinthians poderá no máximo ser alcançado pelo Flamengo na última rodada. Como tem duas vitórias a mais que o rival, continuaria na frente pelo primeiro critério de desempate: o número de vitórias. O Flamengo enfrenta o Vasco no Engenhão. Desde 2003, seis dos oito times que terminaram o primeiro turno na frente foram campeões. "O que importa é ser líder na última rodada do campeonato, em dezembro, mas vencer o primeiro turno serve como parâmetro", ressalta TIte.

O Corinthians venceu apenas dois dos seus últimos oito jogos. Somou nove pontos em 24 possíveis. Ainda assim é líder por 12 rodadas seguidas. “Por aproveitamento, nunca deixamos a liderança” destaca Tite. Na verdade, o Corinthians passou a ter a melhor porcentagem dos pontos conquistados na sexta rodada, quando venceu o São Paulo por 5 a 0 e interrompeu a sequência 100% do rival. Hoje, o aproveitamento corintiano é de 68,5% dos pontos que disputou .

Há uma semana, após empate com o Ceará em casa, o goleiro Julio Cesar disse que o Corinthians ainda era líder por sorte e que precisava melhorar. Uma semana depois, a sorte continua do lado corintiano, mas o time não melhorou.

O elenco se reapresenta nesta terça-feira pela manhã no CT do Parque Ecológico. O time não tem suspensos para o duelo contra o Palmeiras. Ramon, com lesão na coxa direita, deve ter condições de jogo e evitar que Tite improvise Welder na lateral-esquerda. O treinador avisou que estudará uma nova formação para tentar retomar os bons resultados .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.