Tamanho do texto

Atacante do Figueirense marcou em sua estreia e ficou mais perto de cumprir meta de 20 gols no Brasileirão

A estreia de Somália no Figueirense empolgou. Depois de marcar o primeiro gol da equipe no empate em 2 a 2 com o Flamengo , neste domingo, o jogador ganhou elogios do técnico Jorginho e ainda relembrou uma meta ambiciosa que traçou para o restante da temporada 2011.

"O Somália não me surpreendeu, pois nós o contratamos justamente por ele ser um goleador. Ele ainda é muito importante na bola áerea. Faltava um jogador assim em nosso elenco", declarou Jorginho.

Contratado junto ao Duque de Caxias - lanterna da Série B -, Somália chegou ao Figueirense na quarta-feira, vestiu a camisa 9 e projetou fazer 20 gols até o final do Campeonato Brasileiro. "O presidente falou que gostaria de me ver marcando 20 gols e eu vou trabalhar para isso", disse o jogador na ocasião.

"Eu venho trabalhando forte para marcar e ajudar a equipe. O primeiro gol já foi, agora só faltam 19", lembrou Somália, após a partida contra os cariocas.

No primeiro treinamento com a equipe, na quinta-feira, o atacante foi testado entre os titulares, mas, para a partida com o Flamengo, Jorginho optou por escalar Júlio César e Fernandes. No entanto, com o gol na estreia e os elogios do treinador, Somália deve ganhar a vaga entre os 11 iniciais para as próximas partidas.

"Teremos dois jogos complicados, contra Fluminense e Corinthians fora de casa, e eu espero poder ajudar a equipe mais uma vez", afirmou o jogador. Com 23 pontos, o Figueirense é o oitavo colocado no Brasileirão.