Melhora do tempo em Cardales evita desgaste do campo. Há também orientação para não ir a Buenos Aires domingo

A comissão técnica da seleção brasileira desistiu de treinar em Buenos Aires no domingo, no CT do Boca Juniors , como estava programado desde o começo de junho. Dois motivos fizeram Mano Menezes evitar de viajar 60 km até a capital: primeiro que o sol voltou a região de Los Cardales, onde a seleção está concentrada, ao norte - com isso os dois campos de treino não serão tão castigados. E segundo que o treino da seleção seria bem no horário da partida do River Plate contra o Belgrano, jogo que pode rebaixar o gigante argentino para a Segunda Divisão.

O clima em Buenos Aires está quente com a possibilidade de o River ser rebaixado e até jornalistas brasileiros já foram agredidos quando faziam reportagem em um bar – não ficaram feridos gravemente. Há até a orientação para que os jogadores, que ganharão folga, escolheram com cautela os locais que forem freqüentar na tarde e noite de domingo, para evitar confusão, principalmente se o River for rebaixado.

Os torcedores estão revoltados com a possibilidade de queda e já tentaram agredir jogadores, fizeram protesto na porta do Monumental de Nuñez, palco da final da Copa América e do jogo deste domingo (começa 15h), e até no hotel fazenda que o grupo se escondeu, na cidade de Don Torcuato, na grande Buenos Aires.

O treinamento da seleção no domingo será realizado somente pela manhã, no campo do hotel Sofitel Reserva Cardales, e à tarde os jogadores ganham folga, que pode ser a única até o final da Copa América, em 24 de julho – eles terão que se reapresentar à noite na cidade do interior da Argentina. O Brasil estréia dia 3 de julho, contra a Venezuela, em La Plata (jogo começa às 16h).

Neymar realizou exercícios físicos na manhã desta sexta-feira
Divulgação/CBF
Neymar realizou exercícios físicos na manhã desta sexta-feira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.