Ex-jogador foi levado ao hospital Albert Einstein na madrugada desta segunda-feira e respira com ajuda de aparelhos

Sócrates voltou a ser internado depois de passar nove dias em casa
Gazeta Press
Sócrates voltou a ser internado depois de passar nove dias em casa
Sócrates voltou a ser internado com sangramento digestivo na madrugada desta segunda-feira. O ex-jogador está na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital Albert Einstein, em São Paulo, e respira com ajuda de aparelhos.

Os médicos, no momento, descartam cirurgia e querem estabilizar o organismo de Sócrates . O sangramento do esôfago foi contido, mas ainda há receio de que o fígado machucado sangre e pressione outros orgãos. A assessoria do Albert Einstein informou que só divulgará um boletim na manhã desta terça-feira

Na internação anterior o problema não foi no esôfago, e sim no estômago. O problema levou o ex-jogador a ficar nove dias no mesmo Albert Einstein, com hemorragia digestiva. Ele recebeu alta no dia 27 de agosto. Quatro dias depois concedeu uma longa entrevista ao iG , na qual, entre outros assuntos, o "Doutor" afirmou que sua única dependência é a intelectual.

Leia também: Sócrates é internado com hemorragia digestiva

Nesta segunda, Sócrates passou por uma intervenção para drenar o sangue no aparelho digestivo. Esse processo não pode ser considerado uma cirurgia. É apenas um tratamento pelo qual o ex-jogador precisa passar por causa da sua lesão no fígado, que tem causado todos esses problemas recentes.

Segundo o jornalista Juca Kfouri, a intervenção funcionou e os sangramentos não acontecem mais desde as 19h desta segunda-feira. A quem procura mais informações, a esposa de Sócrates , Kátia Bagnarelli, pede apenas que as pessoas rezem pelo marido.

O Doutor
Sócrates é um dos maiores ídolos da história do Corinthians e um dos principais nomes da seleção brasileira pós-era Pelé. Formado em medicina, se destacou fora de campo por conta de sua participação política e intenso debate sobre o estabilishment do futebol, cujo principal resultado foi o projeto "Democracia Corintiana", anos nos quais, apoiado em regime mais aberto entre jogadores, comissão técnica e diretoria, o clube paulista conquistou o bicampeonato estadual em 1982/83.

Apelidado de "Doutor", Sócrates e seu estilo elegante, no qual se destacava o uso do calcanhar, tiveram seu auge na primeira metade da década de 80, quando além de vencer títulos pelo Corinthians o craque foi apontado pela imprensa internacional como o melhor jogador do Brasil que encantou a todos na Copa do Mundo de 1982, na Espanha. Foi também eleito o melhor jogador sul-americano de 1983 no mais importante prêmio do continente, concedido pelo jornal uruguaio "El País". Tamanho prestígio o levou à Fiorentina, da Itália, onde acabou por fracassar e retornar ao Brasil em 1985.

Irmão do ídolo são-paulino Raí, Sócrates hoje participa como comentarista do programa "Cartão Verde", da TV Cultura.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.