Ex-jogador, recuperado de grave hemorragia, acha ruim levantar a arena em Itaquera. "Não tem condições de fazer um estádio ali"

Recuperado de uma hemorragia no estômago , que o deixou internado por nove dias, Sócrates ainda não desistiu de um dia disputar a presidência da CBF, desta vez sem o discurso de “anticandidato” apenas para incomodar. Talvez com ele no comando da entidade o estádio do Corinthians , o Fielzão (favorito para abrir a Copa do Mundo de 2014 ), nem existisse. Ele é contra a construção, apesar de ser um dos maiores ídolos da história centenária do clube.

Veja abaixo a entrevista do “Doutor”, que recebeu o iG em sua casa, falou do problema que o levou ao hospita l, mas também de assuntos que adora: CBF, Ricardo Teixeira, Copa do Mundo...

iG: O que você acha do estádio do Corinthians ser candidato a abrir uma Copa do Mundo, como você vê essa obra?
Sócrates : Mais um artifício para movimentar dinheiro público. Não tem condições de fazer um estádio ali. Você tem que construir onde tem facilidades. Lá tem hospital perto? Tem dificuldade de acesso, tem um só modo de chegar, você não tem avenida, p... nenhuma. Pode ser legal para o Corinthians, mas e para a população em geral? Gastar uma p... nota ali?

iG: A Copa do Mundo no geral te desagrada? Não acha que pode trazer benefício, principalmente em infraestrutura para as cidades?
Sócrates : Não precisa de Copa do Mundo pra isso (melhorar infra das cidades). Um filme que eu assisti, não me lembro o nome, falava de invasão a um reino X. O reino paralisava, o Senado, tudo parado, já que anunciaram que um invasor mais poderoso chegaria. Só que nunca chega e aí alguém pergunta: e se os bárbaros não vierem, vamos ficar parados? Precisa de Copa do Mundo para fazer tudo isso?.

iG: Você já se lançou uma vez como anticandidato à presidência da CBF. Ainda tem vontade de concorrer seriamente a uma eleição?
Sócrates:   Anticandidato não mais, quero mudar tudo. Quero democratizar o processo, eventualmente sim (ser candidato). Que todos os clubes participem, entidades, pessoas envolvidas, da escolha dos governantes, e que seja temporário, rode o tempo todo, com prazo limitado, porque ficar na mão de uma pessoa é um absurdo.

Após susto e internação, Sócrates revela qual é seu único vício

iG: É possível imaginar o Ricardo Teixeira perdendo o cargo ?
Sócrates:  A pressão popular pode ajudar, indiretamente fecha a torneira pra ele e ele não vai querer ficar sem isso, não vai ser interessante pra ele.

iG: Mas uma eleição direta é um sonho real? Quem votaria, o povo?
Sócrates : A eleição direta é uma terminologia, mas o Estado tem que mexer nisso, o futebol é um patrimônio, não pode ficar na mão de terceiros. O esporte em geral é uma zona do tamanho de um bonde. O Governo tem que tratar o esporte como prioridade, como política social, você promove a socialização, como com educação e saúde.

iG: E como presidente da CBF, quem seria o técnico?
Sócrates: O técnico? Não importa (risos). Tem outros problemas, aí colocamos o povo para escolher.

iG: Te agrada a seleção do Mano Menezes ?
Sócrates:  Deixamos nossa cultura de lado, e faz tempo. O futebol arte, o jeitinho brasileiro... Não somos nada em relação ao Velho Mundo se normatizarmos tudo.

iG: E o Neymar , pode ser o melhor do mundo jogando no Brasil?
Sócrates: Claro. Ainda é cedo para falar se ele será, mas vai sair daqui para quê? Fica perto da família que é melhor.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.