Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sobre embaixadas, goleiro do Flamengo avisa: "Foi recurso"

Felipe comemorou a defesa do pênalti de Elano levantando a bola com o joelho quando perdia por 3 a 2

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Elano tentou a cavadinha e o goleiro Felipe defendeu a cobrança de pênalti, evitando que o Santos abrisse 4 a 2 no placar. Depois da defesa, fez embaixadinhas para festejar e provocou a ira dos torcedores no estádio. No fim, o Flamengo venceu por 5 a 4, na Vila Belmiro.

Entre para a Torcida Virtual do Flamengo e convide seus amigos

"O que ele fez não foi deboche. Ele teve o recurso de cobrar no meio e eu de levantar a bola com o joelho", ironizou o goleiro.

iG Flamengo no Twitter: saiba tudo sobre seu time

null

Antes de fazer a defesa, Felipe conversou com Ronaldinho Gaúcho. Elano havia desperdiçado uma cobrança de pênalti nas quartas de final da Copa América, contra o Paraguai, batendo por cima do gol.

"O Ronaldinho falou que ele ainda estava abatido por causa da Copa América. Falei que eu ficaria no meu e o Ronaldinho disse que no meio ele não bateria. Mas quem decide é o goleiro. Eu esperava que fosse bater forte, mas ele cavou e eu consegui pegar de pé", comemorou Felipe.

O Flamengo enfrentará o Grêmio, sábado, às 18h30, no Engenhão. O time segue na terceira colocação, com 24 pontos, quatro a menos do que o líder Corinthians, que tem um jogo a menos.

Leia tudo sobre: FlamengoBrasileirão 2011santos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG