Treinador trabalhou na base durante muitos anos e, diante dos desfalques, acredita nos jovens do elenco

Um dos argumentos da diretoria do Cruzeiro para efetivar Emerson Ávila como treinador do time profissional foi o de que o técnico conhece bem os jovens talentos da base e daria mais chances aos jogadores revelados no clube. Diante dos vários desfalques, o treinador tem dado boas chances para os meninos e afirmou que eles vão ter que encarar a pressão e se adaptar "na marra".

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time

No duelo contra o Santos, o Cruzeiro pode ter quatro jogadores revelados na base como titulares. O goleiro Rafael pode substituir Fábio, que está em observação por conta de uma pancada na cabeça durante a partida contra o Fluminense. Na lateral-direita, Gil Bahia pode receber uma chance, já que Marquinhos Paraná está suspenso por conta do terceiro amarelo. Na esquerda. Gabriel Araújo já realizou dois jogos como titular e deve seguir no time. Na frente, Keirrison não poderá jogar por conta de cláusula de contrato de empréstimo e Anselmo Ramon deve ser mantido.

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e convide os seus amigos

O técnico foi perguntado sobre a forte pressão com a qual esses meninos estão lidando diante da má fase do time no Brasileirão e afirmou que a adaptação ao profissional será "na marra".

Rafael pode ser titular novamente com a contusão de Fábio
Vipcomm
Rafael pode ser titular novamente com a contusão de Fábio
"Mesmo que os meninos não estejam à vontade para jogar, a oportunidade não escolhe o momento para eles atuarem. É no aperto que tem que ir se soltando, acostumando com o profissional. De qualquer forma, eles já estão treinando com a gente há bastante tempo. É claro que jogar em um estádio cheio, contra uma equipe do porte do Fluminense e agora de um Santos, é um pouco complicado para eles, mas, vai ter que ser na marra. Estamos com o elenco bem reduzido, serão mais três ausências para o próximo jogo", afirmou o treinador cruzeirense.

O jovem goleiro Rafael se diz preparado para mais uma oportunidade caso venha a substituir Fábio. "É trabalhar forte sempre, como tem sido. Quando a oportunidade aparece, preciso estar pronto”, disse o goleiro.

Emerson Ávila sabe que o momento do Cruzeiro é complicado e receita ânimos no lugar para superar a situação. "Temos tempo para pensar (em como armar o time), o importante é ter equilíbrio nessa hora, tranquilidade, sabemos que o momento é delicado, mas temos que pontuar e termos cabeça fria para as coisas acontecerem bem", concluiu o treinador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.