Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sob o comando de Luxa no Fla, Leonardo Moura vive jejum de gols

Lateral já deu seis assistências nesta temporada, mas não balança a rede desde o dia 2 de outubro de 2010

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Leonardo Moura é um lateral conhecido por sua capacidade ofensiva. No Flamengo, já completou 325 jogos e marcou 38 gols. Mas, desde o dia 2 de outubro de 2010, quando garantiu o empate em 1 a 1 com o Botafogo, em uma cobrança de pênalti, ele não sabe o que é balançar a rede. Coincidentemente, o jejum começou na estreia do técnico Vanderlei Luxemburgo.

Desde então, Leonardo Moura só ficou fora de um jogo sob o comando de Luxemburgo e disputou 27, incluindo todos em 2011. Nesse mesmo período, ele deu seis assistências, todas nesta temporada, em 17 jogos. Essa marca diminui a frustração do jogador pelo longo jejum de gols.

“Minha função é essa. Tenho que jogar dessa maneira, pensando em deixar meus companheiros na melhor posição para marcar até a hora em que sobrar uma chance para mim”, comentou Leonardo Moura, que lembra do seu último gol. “Acho que meu único gol em 2010 foi contra o Botafogo, no Brasileiro”.

Leonardo Moura errou na conta. Em 2010, ele marcou quatro gols. Foi a sua segunda pior marca desde sua chegada ao clube em 2005 – fez apenas dois em 2006. Sua melhor temporada foi em 2008, quando conseguiu chegar a 13. Em 2005 e 2009, foram sete gols e em 2007, parou em cinco.

No empate em 0 a 0 com a Cabofriense, Leonardo Moura chegou a cobrar uma falta, algo raro nesta temporada. Com a presença de Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves, ficou mais difícil encontrar uma brecha para arriscar uma cobrança e ter mais uma chance de quebrar o jejum pessoal de gols.

“Temos excelentes cobradores no time. Mas quando eles não estiverem em campo e aparecer uma cobrança pelo lado direito, vou bater”, avisou Leonardo Moura, que estará em campo domingo, contra o Madureira, em Macaé, pela quinta rodada da Taça Rio.
 

Leia tudo sobre: FlamengoCampeonato Carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG