Tamanho do texto

Treinador do Atlético-PR se mostra animado com a recuperação do jogador e não descarta escalar três meias

A preparação do Atlético Paranaense para a partida diante do Arapongas, na estreia do Campeonato Paranaense 2011, iniciou com polêmica. Supostamente poupados nas primeiras movimentações com bola, o meia Paulo Baier voltou a despontar no provável time titular. Pelo menos essa é a vontade agora do técnico Sérgio Soares, que diz que sua principal estrela está em ótima forma física.

"O Paulo (Baier) trabalhou e treinou normalmente. Vem treinando bem e vem de uma grande evolução. Na minha ótica, o Paulo é o jogador que mais evoluiu, precisando confirmar somente com os dados científicos", garantiu o treinador, que negou ter sacado o maestro do time. "Não teve nada disso", garantiu.

O otimismo com a nova formação é tanto, que Soares já consegue traçar um perfil do grupo, mesmo tendo passado por uma boa reformulação. "O Atlético será um time rápido, marcando sempre na frente e, quando atacado, terá que roubar a bola e sair com velocidade. Não vou mudar a característica do time que terá dois meias. Mas dependendo do jogo poderemos trabalhar com três. O Atlético vai forte para as quatro competições", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.