Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Situação não alcança soberania na eleição do Conselho palmeirense

Grupo liderado por Mustafá Contursi e Della Monica obteve 24 das 76 vagas do Conselho Deliberativo

Gazeta |

Se a situação dominou a eleição presidencial e do COF (Conselho de Orientação e Fiscalização) no Palmeiras, o mesmo cenário não foi observado no pleito deste sábado no Conselho Deliberativo. Com 1014 votos de sócios, o grupo liderado por Mustafá Contursi e Afonso Della Monica obteve 24 das 76 vagas em disputa, além de cinco suplentes.

Outros dois grupos também tiveram votações expressivas. A chapa Palestra teve 1.049 votos e recebeu 25 cadeiras e cinco vagas de suplentes. O grupo União Verde e Branco foi escolhido por 975 sócios, ganhando 23 lugares no Conselho Deliberativo, além de quatro suplentes.

Por fim, a chapa estreante Academia teve apenas 165 votos. Desta forma, fica com quatro conselheiros e um suplente. Todos os eleitos terão um mandato de quatro anos.

Com a eleição no Conselho Deliberativo, o presidente Arnaldo Tirone deve iniciar a reformulação no Palmeiras. A expectativa é que algumas mudanças na diretoria sejam feitas nesta semana.

Leia tudo sobre: palmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG